PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Mídia e Marketing

Jornalista Felipe Moura Brasil estreia como colunista no UOL

Felipe Moura Brasil é apresentador de dois programas na BandNews e agora integra time de colunistas do UOL - Divulgação
Felipe Moura Brasil é apresentador de dois programas na BandNews e agora integra time de colunistas do UOL Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL

03/08/2021 04h00Atualizada em 03/08/2021 08h51

O jornalista Felipe Moura Brasil passa a integrar o time de colunistas no UOL. Carioca, atualmente apresenta dois programas na rádio BandNews: "Salve, Salve, BandNews!" e "Jornal BandNews Rio", além do podcast cultural "Vamos com Tudo!", com convidados. Atualmente é um dos maiores influenciadores de política nas redes sociais.

Em sua coluna, vai analisar a política brasileira "à luz de autores, personagens e obras relevantes para a sua compreensão do ponto de vista humano e cultural", nas palavras do jornalista.

Hoje se busca audiência fácil e rápida no mercado da comunicação por meio da bajulação a Lula ou Bolsonaro, porque as alas fanáticas de cada eleitorado exaltam qualquer passador de pano do líder que cultuam. Mas eu falo e escrevo para os brasileiros dispersos e dispostos a aceitar a realidade, doa a quem doer, não o universo paralelo da propaganda populista. É do mundo real que seguirei tratando em dois textos semanais, com a independência e a ousadia que marcaram minha trajetória no jornalismo.
Felipe Moura Brasil, jornalista

Moura Brasil contou sobre a retomada da escrita de artigos. "Fiquei feliz com a coincidência de ter recebido o convite do UOL justamente quando abri espaço para retomar minha produção regular de artigos depois dos meses de readaptação ao Rio de Janeiro e de desenvolvimento dos novos programas de rádio, na BandNews FM."

Sua primeira coluna, sob o título "Verdades incômodas", foi publicada hoje e fala das responsabilidades do governo Bolsonaro à luz de pensadores filosóficos. "Ninguém precisa incorrer na falsa equivalência geral entre nazismo e bolsonarismo para compreender a descrição feita por Arendt, Heberlein e Vieira do bloqueio cognitivo e moral da suposta consciência durante o cumprimento de ordens danosas à saúde e à vida de um povo, seja qual for a natureza (cruel e/ou burra) de quem ordena. Esse bloqueio até hoje ajuda na conquista de boquinhas e previne contra retaliações à dissonância", escreve Moura Brasil.

O jornalista encontrou na literatura, especificamente em Rubem Fonseca suas primeiras referências intelectuais. A partir de um blog, foi chamado para ser colunista da revista Veja.

Passou pelo site O Antagonista e foi diretor de jornalismo da rádio Jovem Pan. Na emissora, também ocupou os cargos de âncora e comentarista. Em 2019, venceu o Prêmio Comunique-se na categoria Jornalista Influenciador Digital.

PUBLICIDADE

Mídia e Marketing