PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Mídia e Marketing

Como o Facebook pretende acelerar a carreira de profissionais negros?

Reprodução
Imagem: Reprodução

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/08/2021 09h40

Segundo o Instituto Ethos, 8 em cada 10 empresas brasileiras diz que não possui medidas para incentivar e ampliar a presença de negros em cargos de supervisão, gerência e quadros executivos. Pensando nisso, o Facebook decidiu lançar uma plataforma de conteúdo para incentivar a criação de programas de mentoria para profissionais negros.

O "Projeto Goma", que nasceu de uma parceria entre o Conselho de Clientes do Facebook no Brasil e a consultoria EmpregueAfro, será um hub online de conteúdo que pretende ajudar empresas e profissionais a acelerarem a carreira de pessoas negras para a liderança de companhias pelo país.

O "Goma" terá vídeos, ebooks e podcasts sobre o contexto econômico e antirrascismo, modelos de mentoria e capacitação para mentores e mentorados. Também haverá um módulo sobre consciência racial. O material poderá ser acessado gratuitamente após o evento de lançamento, que acontece amanhã (24).

Poderão participar profissionais e empresas de todo o país. Não haverá cobrança de resultados das empresas que se inscreveram no projeto, mas a rede promete realizar pesquisas periódicas para saber quem está seguindo o conteúdo e estabelecendo programas de mentoria.

Fazem parte do Conselho de clientes do Facebook pessoas executivas de anunciantes como Ambev, Coca-Cola, GM, Johnson & Johnson, Magalu, Natura, Nestlé, Pepsico, Santander, Stellantis e Unilever e agências como AlmapBBDO, Wieden+Kennedy SP, WMcCann e Wunderman Thompson.

Mas o que o Facebook pretende com mais esta iniciativa? O UOL Mídia e Marketing conversou com Maren Lau, vice-presidente do Facebook para América Latina. Confira:

maren - Lucas da Rocha Lima - Lucas da Rocha Lima
Maren Lau, vice-presidente do Facebook para América Latina
Imagem: Lucas da Rocha Lima

UOL: Como nasceu a ideia de criar a plataforma? Como o Facebook se vê dentro desta engrenagem?

Maren Lau: O Goma é fruto de um esforço conjunto e foi idealizado por profissionais de mais de 20 empresas, que fazem parte do Conselho de Clientes do Facebook Brasil.

Buscamos então a parceria com a EmpregueAfro, para construir uma proposta que respondesse às expectativas da comunidade.

Por que a escolha de uma plataforma de aprendizagem no lugar de um programa amplo de mentoria?

O grande objetivo do Goma é impactar o maior número possível de empresas e profissionais no país. O conteúdo fornece toda a orientação para que empresas de qualquer porte possam estruturar, implementar e manter seus próprios programas de mentoria.

O grupo entendeu que essa é a maneira mais escalável de entregar valor real para a sociedade como um todo, de forma acessível e a longo prazo.

Qual o benefício de empresas de comunicação/agências de publicidade participarem do projeto?

Profissionais de algumas das maiores agências do país já fazem parte do nosso Conselho de Clientes no Brasil e por isso puderam aportar valor para a criação do Projeto Goma.

São pessoas com uma visão relevante sobre diversidade, equidade e inclusão que puderam agregar criatividade ao projeto, além de nos ajudar com o desenvolvimento de toda a linguagem visual e campanha do Goma.

É importante lembrar também que estamos próximos já das agências de publicidade nesse contexto da empregabilidade por meio do Rise, um programa em que oferecemos treinamento e certificação gratuitos a profissionais de marketing. Dentro do Rise, temos uma vertente chamada Potência Preta, com foco exclusivo em profissionais negros.

PUBLICIDADE

Mídia e Marketing