Com inflação controlada, baixamos preços em busca de clientes, diz Habib's

Com a inflação do país mais controlada, o Habib's está baixando preços para conquistar mais clientes. É o que diz o fundador e presidente da rede de restaurantes, Alberto Saraiva, em entrevista ao UOL Líderes.

O que ele disse

Com inflação controlada, rede está baixando preços. Saraiva disse que sua expectativa para a economia em 2024 é positiva, e um dos fatores para isso é a inflação mais controlada. Por conta disso, a rede baixou os preços de alguns produtos.

Verticalização para manter o preço baixo. Saraiva falou sobre as estratégias da rede para manter os preços baixos. Uma delas é a verticalização: o Habib's tem produção própria de queijo, sorvete e pães.

Principal concorrente é o McDonald's. O empresário falou sobre a concorrência com outras redes de fast food como o McDonald's. Segundo ele, os principais diferenciais do Habib's são o preço e a variedade do cardápio.

Meta é abrir 50 restaurantes e 100 lojas digitais em 2024. Saraiva falou sobre os planos de expansão do grupo, que além do Habib's inclui Ragazzo, churrascaria Tendall e as marcas digitais Mita e Cabulosa.

A entrevista foi gravada em 8 de dezembro de 2023. Você pode assistir em vídeo no canal do UOL no YouTube ou ouvi-la no podcast UOL Líderes. Veja a seguir destaques da entrevista:


Redução de preços

A inflação está sob controle e isso facilita muito, porque você não tem o aumento da matéria-prima, aí você consegue manter as suas margens sem aumentar cardápio. Pelo contrário, a gente andou baixando os preços. O nosso quibe, que custa R$ 8,90 vai sair por R$ 6,90, vamos abaixar 30%. A esfiha nós abaixamos para R$ 1,99, era R$ 2,49. O preço hoje é extremamente determinante na escolha do cliente. Queremos deixar os concorrentes de cabelo em pé, vamos em busca de mais e mais e mais clientes.


Produção própria

Com essa filosofia [de preço baixo] você consegue grandes volumes. Eu costumo dizer que a nossa rede cresceu ganhando muitos centavos. Tem outro item de extrema importância que é a verticalização. Todos os nossos produtos somos nós mesmos que fabricamos. O queijo fresco da esfiha somos que nós mesmos produzimos, então se elimina o atravessador. A verticalização que temos no sorvete, no laticínio, nos pães, sobremesas, é tudo sob o nosso controle.

Continua após a publicidade

Concorrência

O principal concorrente é o McDonald's, sem dúvida alguma. O pessoal é eficiente, uma potência, mídia muito forte. Nós temos a vantagem de ter um ticket médio menor e ter uma quantidade maior de produtos. [Nosso diferencial] é preço e variedade de produto. Você vai nas nossas lojas, tem lá o playground, o pai está tomando um chopinho, que não tem no concorrente, a mãe está comendo um tabule, você pode comer uma sobremesa, essa variedade de cardápio, associada ao preço, é uma dupla que é a mais forte de todas.


Expansão

O período da pandemia foi difícil para os restaurantes, mas agora a gente está retornando a expansão. Pretendemos abrir cerca de 50 restaurantes entre Habib's, Ragazzo, e churrascaria Tendall, e temos a nova marca, a Mita, onde a gente pretende abrir 100 lojas digitais. Vamos ter 100 lojas Habib's e Ragazzo e, dentro da cozinha, a gente opera a Mita. É uma forma de crescimento muito forte, porque não é preciso um novo local, não precisa pagar um aluguel. São as famosas 'dark kitchens', mas aqui nós transformamos as nossas lojas em dark kitchen para essa rede de lojas.

Quem é Alberto Saraiva

Idade: 70 anos
Local de nascimento: Cidade de Velosa, em Portugal

Continua após a publicidade

Assim é o Habib's

Foi fundado em 1988 em São Paulo. Hoje tem 421 unidades pelo país. Além da rede de comida árabe, Saraiva é dono da rede Ragazzo, de comida italiana, da churrascaria Tendall e das marcas digitais Mita, de marmita, e Cabulosa, de pizzas.

Funcionários: mais de 18 mil
Faturamento (considerando Habib's, Ragazzo e Tendall Grill): R$ 2,7 bilhões

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes