Bolsas

Câmbio

Direto da BolsaDireto da Redação

Cobertura de notícias sobre mercados, ações e investimentos no Brasil e no exterior

Grandes empresas brasileiras negociam antecipar pagamentos a bancos

Grandes empresas brasileiras, incluindo algumas que recentemente estavam com as finanças fortemente fragilizadas, estão procurando bancos para negociar uma antecipação de pagamentos, disseram fontes bancárias. Conglomerados como JBS, Usiminas e CSN planejam se valer dos efeitos da melhora da economia sobre seus resultados operacionais, da queda dos juros e do ambiente externo favorável a captações para tentar baratear o custo de suas dívidas. (Com Reuters) Leia Mais

Bolsa fecha em queda de 1,22%; BB, Itaú e Petrobras perdem 2%

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quarta-feira (13) em queda de 1,22%, a 72.914,34 pontos. Na véspera, a Bolsa subiu 1,39%. (Com Reuters) Leia Mais

Votação da reforma da Previdência fica para fevereiro, diz Jucá

A votação da reforma da Previdência na Câmara ficou para fevereiro, segundo o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), informou sua assessoria de imprensa. O adiamento da votação foi acertado entre os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE). O acordo foi fechado com a anuência do governo. (Com Reuters) 

Dólar cai 0,37% e fecha a R$ 3,316, após data para julgamento de Lula

dólar comercial fechou esta quarta-feira (13) em queda de 0,37%, cotado a R$ 3,316 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana subiu 0,93% e atingiu o maior valor desde 23 de junho (R$ 3,339). (Com Reuters) Leia Mais

BC dos EUA eleva juros para a faixa entre 1,25% e 1,5%

O Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, aumentou a taxa de juros no país para a faixa de 1,25% e 1,5%. A decisão foi anunciada na tarde desta quarta-feira (13). Foi a terceira alta no ano. (Com Reuters)

Bolsas da Europa fecham em queda; Itália perde 1,44%

As ações italianas foram atingidas por nervosismo político nesta quarta-feira (13) e os mercados acionários europeus recuaram antes da conclusão do encontro do Federal Reserve, o banco central dos EUA, que pode dar mais pistas sobre o movimento das taxas de juros norte-americanos no próximo ano. Veja as variações das Bolsas: 

  • Inglaterra: -0,05%
  • Espanha: -0,27%
  • Portugal: -0,27%
  • Alemanha: -0,44%
  • França: -0,51%
  • Itália: -1,44% (Com Reuters) 

Bolsa e dólar operam em queda; moeda é vendida perto de R$ 3,32

A Bolsa e o dólar comercial operavam em queda nesta quarta-feira (13). Por volta das 16h10, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha baixa de 0,38%, a 73.534,88 pontos, e a moeda norte-americana se desvalorizava 0,4%, a R$ 3,315 na venda. Nesta tarde, o PSDB anunciou que vai apoiar a reforma da Previdência, mas sem punir os deputados que votarem contra a proposta. O mercado também é afetado pela decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região de marcar para 24 de janeiro o julgamento do recurso do ex-presidente Lula na ação referente ao caso do tríplex no Guarujá. (Com Reuters)

Conheça as empresas dominam o mercado de bitcoins no Brasil

O UOL decidiu fazer um raio X do mercado de "exchanges", como são conhecidas as corretoras que negociam bitcoins. Você ficará sabendo, em detalhes, quais são as três maiores empresas que atuam no Brasil.  Leia Mais

Após PSDB apoiar Previdência, Bolsa sobe, e dólar opera em queda, a R$ 3,30

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta quarta-feira (13). Por volta das 14h50, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,49%, a 74.178,39 pontos, e a moeda norte-americana se desvalorizava 0,79%, a R$ 3,302 na venda. Nesta tarde, o PSDB anunciou que vai apoiar a reforma da Previdência, mas sem punir os deputados que votarem contra a proposta. O mercado também é afetado pela decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região de marcar para 24 de janeiro o julgamento do recurso do ex-presidente Lula na ação referente ao caso do tríplex no Guarujá. (Com Reuters)

Valorização do bitcoin é 'bolha' e 'pirâmide', diz presidente do BC

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, alertou para o risco de bolha no mercado de moedas virtuais. "Moedas virtuais do jeito que estão hoje com essa subida vertiginosa, onde não há lastro, não há ninguém para regular, levam a um risco tal que o Banco Central emitiu um comunicado de alerta", disse Goldfajn nesta quarta-feira (13). (Com Agência Brasil)  Leia Mais

Opep prevê que corte da produção equilibrará mercado em 2018

O corte de produção lançado há um ano pela Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) para reduzir o excesso de oferta no mercado permitirá um equilíbrio no final de 2018, apesar da previsão de o produção de petróleo de xisto dos EUA atingir níveis recorde, segundo as previsões publicadas nesta quarta-feira pelo grupo energético. (Com EFE) Leia Mais

Após mudanças no cartão de crédito, BC estuda alterações no débito

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, afirmou nesta quarta-feira (13) que, após as medidas que reduziram as taxas de juros no cartão de crédito, tomadas neste ano, a autoridade monetária estuda mudanças no cartão de débito. (Com Folha) Leia Mais

Após PSDB apoiar Previdência, Bolsa sobe, e dólar opera em queda, a R$ 3,30

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta quarta-feira (13). Por volta das 13h50, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,75%, a 74.366,90 pontos, e a moeda norte-americana se desvalorizava 0,81%, a R$ 3,301 na venda. Nesta tarde, o PSDB anunciou que vai apoiar a reforma da Previdência, mas sem punir os deputados que votarem contra a proposta. O mercado também é afetado pela decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região de marcar para 24 de janeiro o julgamento do recurso do ex-presidente Lula na ação referente ao caso do tríplex no Guarujá. (Com Reuters)

Após data do julgamento de Lula, Bolsa sobe, e dólar opera em queda, a R$ 3,31

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta quarta-feira (13), após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região marcar para 24 de janeiro o julgamento do recurso do ex-presidente Lula na ação referente ao caso do tríplex no Guarujá. Por volta das 12h, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,9%, a 74.477,57 pontos, e a moeda norte-americana se desvalorizava 0,7%, a R$ 3,305 na venda. Uma condenação pode barrar a candidatura do ex-presidente, que lidera as pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial do ano que vem. (Com Reuters)

Oi apresenta novo plano de recuperação judicial

A empresa de telecomunicações Oi protocolou na terça-feira (12) uma nova versão do plano de recuperação judicial à 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, com termos mais favoráveis para os detentores de bônus e credores governamentais em uma tentativa de conseguir aprovação em assembleia marcada para 19 de dezembro. (Com Reuters)  Leia Mais

Meirelles: como ministro, consegui tirar o país da sua maior recessão

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse acreditar que, como presidente da República, teria condições de colocar o Brasil nos trilhos. Ele foi questionado sobre o tema em entrevista à Rádio Tupi (RJ), e respondeu afirmativamente. (Com Estadão Conteúdo)  Leia Mais

Temer prevê revisão na transição para idade mínima de aposentadoria em 10 anos

O presidente Michel Temer classificou nesta quarta-feira (13) de "mediana" a proposta de reforma da Previdência que tramita na Câmara dos Deputados e previu que, em dez anos, quem estiver presidindo o país terá de considerar uma revisão na regra de transição da idade mínima de aposentadoria prevista no texto. Em discurso durante reunião com prefeitos, o presidente disse ainda temer que uma eventual não aprovação da reforma da Previdência gere uma reação negativa na economia brasileira. Disse também que, se a medida receber o aval dos parlamentares, o Brasil "dará um salto". (Com Reuters)

Após data do julgamento de Lula, Bolsa sobe, e dólar opera em queda, a R$ 3,31

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta quarta-feira (13), após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região marcar para 24 de janeiro o julgamento do recurso do ex-presidente Lula na ação referente ao caso do tríplex no Guarujá. Por volta das 11h15, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,35%, a 74.071,66 pontos, e a moeda norte-americana se desvalorizava 0,55%, a R$ 3,31 na venda. Uma condenação pode barrar a candidatura do ex-presidente, que lidera as pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial do ano que vem. (Com Reuters)

Aliados de Temer já admitem que Previdência deve ficar para 2018

Aliados do presidente Michel Temer já admitem que a votação da reforma da Previdência deve ficar para o ano que vem, apesar do esforço do governo de colocar a proposta em votação na próxima terça-feira, antes do recesso parlamentar. (Com Estadão Conteúdo) Leia Mais

Venda de ações da BR Distribuidora deve ser a maior desde 2013

A venda de ações da distribuidora de combustíveis BR, da Petrobras, deverá marcar a maior oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na Bolsa brasileira desde 2013, quando a operação da BB Seguridade superou R$ 11 bilhões. A estreia do papel ocorrerá na sexta-feira (15). (Com Estadão Conteúdo)  Leia Mais

Após data do julgamento de Lula, Bolsa sobe, e dólar opera em queda, a R$ 3,31

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta quarta-feira (13), após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região marcar para 24 de janeiro o julgamento do recurso do ex-presidente Lula na ação referente ao caso do tríplex no Guarujá. Por volta das 10h10, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,5%, a 74.182,02 pontos, e a moeda norte-americana se desvalorizava 0,46%, a R$ 3,313 na venda. Uma condenação pode barrar a candidatura do ex-presidente, que lidera as pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial do ano que vem. (Com Reuters)

Dólar opera em queda, perto de R$ 3,30, após data do julgamento de Lula

O dólar comercial abriu os negócios desta quarta-feira (13) operando em queda, após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região marcar para 24 de janeiro o julgamento do recurso do ex-presidente Lula na ação referente ao caso do tríplex no Guarujá. Na véspera, o dólar havia subido 0,93%. Por volta das 9h10, a moeda norte-americana se desvalorizava 0,72%, a R$ 3,304 na venda. Uma condenação pode barrar a candidatura do ex-presidente, que lidera, com folga, as pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial do ano que vem. (Com Reuters)

Vendas no comércio caem 0,9% e têm pior outubro em nove anos

As vendas no comércio brasileiro caíram 0,9% em outubro na comparação com setembro, no pior resultado para o mês em nove anos, desde 2008. Em relação ao mesmo mês do ano passado, as vendas subiram 2,5%, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quarta-feira (13). A expectativa em pesquisa da Reuters era de alta de 0,2% na comparação mensal e de 5,2% sobre um ano antes. O desemprenho ruim foi puxado por hipermercados, móveis e eletrodomésticos. Segundo a economista do IBGE Isabella Nunes, a queda pode estar relacionada a "uma contenção do consumidor ante a expectativa para as promoções da Black Friday de novembro". (Com Reuters) Leia Mais

Bolsas da Ásia fecham em alta; Hong Kong avança 1,5%

As Bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam em alta nesta quarta-feira (13), exceto a do Japão. Hong Kong avançou 1,5%, e o mercado chinês, 0,7%, puxado por ações de empresas de consumo e de transporte. Veja as variações das Bolsas da região:

  • Japão: -0,47%
  • Hong Kong: +1,49%
  • China: +0,7%
  • Coreia do Sul: +0,79%
  • Taiwan: +0,26%
  • Cingapura: +0,09%
  • Austrália: +0,14%. (Com Reuters)
Leia Mais

UOL Cursos Online

Todos os cursos