PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Carla Araújo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Guedes cancela agenda em SP e deve se reunir com Lira para resolver auxílio

Paulo Guedes, ministro da Economia - Adriano Machado/Reuters
Paulo Guedes, ministro da Economia Imagem: Adriano Machado/Reuters
Carla Araújo

Jornalista formada em 2003 pela FIAM, com pós-graduação na Fundação Cásper Líbero e MBA em finanças, começou a carreira repórter de agronegócio e colaborou com revistas segmentadas. Na Agência Estado/Broadcast foi repórter de tempo real por dez anos em São Paulo e também em Brasília, desde 2015. Foi pelo grupo Estado que cobriu o impeachment da presidente Dilma Rousseff. No Valor Econômico, acompanhou como setorista do Palácio do Planalto o fim do governo Michel Temer e a chegada de Jair Bolsonaro à Presidência.

Do UOL, em Brasília

20/10/2021 12h44

Em meio ao imbróglio do Auxílio Brasil, o ministro da Economia, Paulo Guedes, decidiu cancelar a agenda de eventos que teria nesta quarta-feira (20) em São Paulo e continuará em Brasília, segundo a assessoria da pasta, com despachos internos.

Há, porém, a expectativa de que o ministro se encontre com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), já que agora o governo decidiu apostar em mudanças na PEC dos Precatórios para tentar viabilizar o programa social, com os R$ 400 determinados pelo presidente Jair Bolsonaro. O encontro ainda não foi confirmado pela assessoria do ministro.

Bolsonaro está em agenda no Ceará e deve retornar a Brasília somente no meio da tarde.

Os ministros palacianos Ciro Nogueira (Casa Civil) e Flávia Arruda (Secretaria de Governo), no entanto, estão mergulhados nas negociações. Ontem, junto com o ministro da Cidadania, João Roma, eles foram até o Congresso e encontraram Lira para tentar desenhar a solução para o Auxílio Brasil.

Os três tiveram ainda, ao longo do dia de ontem, diversas reuniões com Bolsonaro, umas com a participação de Guedes e outras sem a presença do ministro da Economia.

O trio da ala política tem trabalhado em sintonia e, nos bastidores, se colocam em alguns momentos de forma contrária a posição de Guedes, que tem tentado segurar o rompimento do teto dos gastos e, segundo fontes da equipe econômica, tem dado "um limite técnico do que pode ou não ser feito".

O governo chegou a marcar ontem uma cerimônia para anunciar o programa, que acabou sendo adiada, após reação negativa do mercado, e também por conta de uma ameaça de debandada na equipe de Guedes.

'Agenda cancelada'

Guedes participaria de forma presencial na tarde desta quarta-feira de um Fórum da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias e à noite iria a premiação da revista Exame. Pela manhã, a assessoria confirmou que o ministro não participaria mais. Depois, porém, informou que Guedes estaria nas agendas de forma remota.

PUBLICIDADE