PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Carla Araújo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Alckmin participa de reunião sobre programa econômico da campanha de Lula

Ex-presidente Lula (PT) e ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSB), no evento que oficializou o apoio do PSB à pré-candidatura petista à presidência, com o ex-tucano como vice - STRINGER/REUTERS
Ex-presidente Lula (PT) e ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSB), no evento que oficializou o apoio do PSB à pré-candidatura petista à presidência, com o ex-tucano como vice Imagem: STRINGER/REUTERS
Carla Araújo

Jornalista formada em 2003 pela FIAM, com pós-graduação na Fundação Cásper Líbero e MBA em finanças, começou a carreira repórter de agronegócio e colaborou com revistas segmentadas. Na Agência Estado/Broadcast foi repórter de tempo real por dez anos em São Paulo e também em Brasília, desde 2015. Foi pelo grupo Estado que cobriu o impeachment da presidente Dilma Rousseff. No Valor Econômico, acompanhou como setorista do Palácio do Planalto o fim do governo Michel Temer e a chegada de Jair Bolsonaro à Presidência.

Do UOL, em Brasília

04/05/2022 15h10

O ex-governador e indicado a vice na futura chapa do ex-presidente Lula (PT), Geraldo Alckmin (PSB) participa nesta quarta-feira (4) de uma reunião na Fundação Perseu Abramo (FPA), em São Paulo, para discutir assuntos relacionados ao programa de governo, especialmente na área econômica.

"Vou ouvi-los, falar sobre propostas", disse à coluna.

A entidade, fundada pelo PT, é uma das principais formuladoras de estudos para políticas públicas. O presidente da FPA, Aloizio Mercadante, será um dos presentes na conversa com o ex-governador. Além disso, devem estar na reunião economistas do Núcleo de acompanhante de políticas públicas de economia da fundação.

Em março, Mercadante convidou para uma conversa na FPA o economista Pérsio Arida, que foi o coordenador do programa econômico Alckmin em 2018 e um dos pais do Plano Real. Desta vez, no entanto, Arida disse não participará do encontro. "Sequer sabia dessa reunião. Não tenho contato algum com o PT desde a conversa com o Mercadante", afirmou.

Ajuda com setores importantes

Conforme mostrou a coluna, a cúpula do PT tem acertado com Alckmin algumas agendas com segmentos considerados importantes da economia.

A ideia é que, logo após a oficialização da pré-candidatura de Lula no próximo sábado (7), Alckmin tenha encontros com representantes do agronegócio, do setor automotivo e também de entidades médicas.