PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Empregos e carreiras

Brasil abre 11.796 vagas em julho, pior resultado para o mês desde 1999

Do UOL, em São Paulo

21/08/2014 14h16Atualizada em 21/08/2014 14h54

O Brasil abriu 11.796 vagas de trabalho com carteira assinada em julho, pior resultado para o mês desde 1999. Em junho haviam sido criados 25.363 postos com carteira assinada, sem ajustes.

Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) e foram divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta quinta-feira (17).

Na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, houve um acréscimo de 632.224 empregos (+1,56%) no acumulado do ano.

Nos últimos 12 meses verificou-se a criação de 737.097 postos de trabalho, o que corresponde à expansão de 1,82% no contingente de empregados celetistas do país.

O resultado de julho foi influenciado pela demissão líquida no setor da indústria de transformação, que ficou em 15.392 trabalhadores, quarto mês consecutivo de fechamento de vagas, segundo o Caged.

"Tivemos a partir de abril desaceleração do setor industrial, que levou à redução das contratações e aumento das demissões nesse setor", disse o ministro do Trabalho, Manoel Dias.

No setor de serviços foram abertos 11.894 postos com carteira assinada, 62% a menos que o mês anterior, quando o saldo foi de 31.143 vagas, sem ajustes.

(Com Reuters)

PUBLICIDADE

Empregos e carreiras