Bolsas

Câmbio

Não perca vaga por Linkedin ruim: capriche na foto, no texto e esqueça Word

Do UOL, em São Paulo

  • Justin Sullivan/AFP

A rede social para contatos profissionais LinkedIn tem sido cada vez mais usada pelo RH das empresas para buscar ou avaliar candidatos a um emprego.

Se você não dá muita atenção para essa rede social, é bom ficar de olho. Seu perfil na rede é como um currículo. Se for mal feito, os recrutadores não vão gastar muito tempo com você.

O site de aconselhamento profissional "The Muse" (http://zip.net/bmsPsJ, link encurtado e seguro) listou cinco erros comuns em perfis do LinkedIn, mas que podem custar uma oportunidade de trabalho.

1 - Verbos no presente

Thinkstock

Recrutadores podem achar confuso ver a descrição de várias funções e empregos diferentes no seu LinkedIn com verbos no presente. Deixe apenas o seu emprego atual no presente. Para os antigos, use verbos no passado.

Pode parecer coisa pequena, mas lembre que os selecionadores chegam a olhar até centenas de perfis e gastam poucos segundos em cada um. Eles não vão se empenhar para entender o que você quer dizer, se não estiver claro.

2 - Habilidade no Word

iStockphoto

Na parte de "Competências e recomendações", não liste a capacidade em Microsoft Word, ou mesmo no PowerPoint, antes de outras habilidades mais específicas e especiais. Fazendo isso, você perde oportunidade de se destacar.

Recrutadores querem saber por que devem chamá-lo, em vez dos outros candidatos. Conhecer Word é uma habilidade muito comum. Retire essa competência da lista, ou mude a ordem, para que ela não apareça entre as primeiras.

3 - Disciplinas na faculdade

Carlos Cecconello/Folhapress

Na área de formação acadêmica, pode ser interessante listar disciplinas que cursou na faculdade e que tenham a ver diretamente com sua atividade profissional, mostrando competências específicas que aprendeu. Mas não pode exagerar na quantidade, ou vai desviar o foco dos recrutadores.

Cursos que fez fora da faculdade, porém, devem estar no topo da lista, porque mostram que você toma iniciativa para melhorar suas habilidades.

4 - Fotos não profissionais

Reprodução/LinkedIn

A foto é a primeira coisa que os outros veem no perfil, então é bom ter cuidado. Ela deve passar uma imagem profissional. Não precisa ser extremamente formal, mas deve mostrá-lo simpático, competente e influente.

Se está em dúvida sobre qual foto usar, pode postá-la no site PhotoFeeler: http://zip.net/bvsPSJ. Ele permite que outras pessoas a avaliem, dizendo que impressões ela está passando de você.

5 - Descrições longas

Reprodução/Think Stock

As descrições dos empregos não podem ser muito longas. Novamente: selecionadores gastam poucos segundos vendo os perfis e não vão parar para ler com atenção.

Deixe a descrição curta e em formato de tópicos, para que as principais informações estejam em destaque e sejam vistas rapidamente, apenas batendo os olhos na página.

Instagram, Twitter e LinkedIn podem ajudar carreira; veja dicas

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos