IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Empregos e carreiras


Faxineiro e recepcionista estão entre ocupações que mais criaram empregos

Andrey Popov/Getty Images
Imagem: Andrey Popov/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

23/01/2019 14h18

O Brasil fechou 2018 com resultado positivo na geração de empregos com carteira assinada, puxado principalmente pelos setores de serviços e comércio. Veja abaixo as ocupações que mais geraram vagas com carteira assinada e as que mais perderam vagas ao longo do ano passado. O número se refere ao saldo, ou seja, às contratações menos demissões.

Ocupações que mais criaram empregos

  • Alimentador de linha de produção: +100.061
  • Faxineiro: +61.653
  • Auxiliar de escritório, em geral: +56.511
  • Servente de obras: +42.372
  • Atendente de lojas e mercados: +37.079
  • Repositor de mercadorias: +33.125
  • Recepcionista, em geral: +28.530
  • Embalador, a mão: +27.497
  • Assistente administrativo: +25.702
  • Técnico de enfermagem: +24.420

Ocupações que perderam mais empregos:

  • Supervisor administrativo: -23.712
  • Gerente administrativo: -20.350
  • Gerente de loja e supermercado: -12.984
  • Gerente comercial: -10.550
  • Motorista de carro de passeio: -10.166
  • Pedreiro: -9.425
  • Gerente de vendas: -8.964
  • Supervisor de vendas comercial: -8.505
  • Cozinheiro geral: -8.213
  • Conferente de carga e descarga: -8.173

Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) e foram divulgados nesta quarta-feira (23) pelo Ministério da Economia.

Como a reforma trabalhista afeta a sua vida?

UOL Notícias

Mais Empregos e carreiras