PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Empregos e carreiras

Veja dicas para fazer uma boa apresentação em 60 segundos

Do Na Prática*

12/04/2021 04h00

Já ouviu alguém falar que faria um "pitch"? O "discurso de venda" é ideal para apresentações curtas, de cinco a dez minutos. Mas imagine uma situação na qual você encontra o comprador —ou investidor— da sua proposta no elevador. A conversa terá de ser ainda mais rápida, com duração próxima de 60 segundos.

O "pitch" de elevador é assim chamado por ser tão curto que poderia ser usado mesmo em uma rápida viagem de elevador. Por isso, o apresentador precisa ser bastante objetivo. Diga quem você é, suas habilidades e o que deseja fazer (se estiver procurando emprego).

Quando usar um pitch de elevador

Para vídeos ou cartas de apresentação em processos seletivos, para escrever uma bio no LinkedIn ou outra rede social ou mesmo em apresentações públicas por exemplo. O discurso também é ideal para entrevistas de emprego, especialmente quando você for questionado sobre si mesmo.

Com o método, é possível apresentar de maneira breve sua aptidão profissional, pontos fortes e habilidades. Assim, o chamado "discurso de elevador" é uma ótima maneira de ganhar confiança ao se apresentar, visto que você pode explicar de forma assertiva o que tem a oferecer.

Como preparar um pitch de elevador

Não há segredos para fazer um bom pitch de elevador. Basicamente, você precisa ser breve e criar um discurso cuja duração tenha variação de 30 a 60 segundos. Não é necessário apresentar todo o seu histórico profissional e acadêmico. No entanto, essa apresentação deve fazer uma breve recapitulação de quem você é e o que faz.

Quando estiver compondo o seu pitch, considere os seguintes pontos:

1. Compartilhe suas habilidades

Uma boa apresentação deverá explicar quem é você e quais são as suas habilidades e qualificações. Esta é a sua chance de brilhar. Cuidado para não soar vaidoso, mas compartilhe seus pontos fortes sem medo.

2. Mencione seus objetivos

Não é necessário e nem há tempo para ser muito específico. Contudo, é importante mostrar que você sabe o que busca, quais são os seus objetivos. Você pode dizer, por exemplo, que busca atuar em determinada área ou crescer dentro dela.

3. Conheça o seu público e fale com ele

Você pode (e deve) ter um pitch pronto, porém leve em consideração fazer ajustes quando necessário. Afinal, a depender do público com quem se fala, destacar determinada habilidade ou curso faz mais sentido do que para outros. Em um processo seletivo, por exemplo, é sempre válido avaliar se o seu discurso está alinhado com os objetivos da vaga.

4. Seja positivo e flexível

Você está fazendo uma apresentação sobre si próprio e, muito provavelmente, para pessoas que estão conhecendo você. Evite informações que possam dar um tom negativo para o seu discurso. Mostre-se flexível e aberto a novas descobertas e experiências.

5. Pratique, pratique e pratique

Por fim, mas não menos importantes: pratique. Se o seu pitch é escrito, tudo bem, não é necessário. Mas se é um discurso falado, é importante praticar. E, note, não se trata de simplesmente decorar um texto pronto. Neste caso, é reproduzir o discurso, tornando-o mais natural —já que um texto bem escrito nem sempre produz uma conversa interessante.

Além disso, ajuste palavras e tom quando achar necessário. Quanto mais você praticar, mais fácil será transmitir o discurso quando estiver em um evento de networking profissional ou em uma entrevista de emprego.

Exemplos de pitch de elevador

Sobre o assunto, o site de busca de empregos Indeed elencou quatro exemplos de pitch de elevador que podem ser copiados e adaptados para diferentes usos e contextos. Confira a seguir:

  • Contexto: entrevista de trabalho, para o cargo de assistente executivo

"Olá, meu nome é Marcos. Muito obrigado por me receber hoje! Bom, depois de me formar como bacharel em administração, passei os últimos três anos construindo minha experiência profissional como assistente executivo. Gerenciei com sucesso a coordenação de eventos ponta a ponta e construí uma forte rede profissional para meus colegas. Fiquei animado em aprender sobre esta oportunidade e adoraria ter a oportunidade de trazer minhas habilidades de gerenciamento de projetos e liderança para esta posição."

  • Contexto: procurando um mentor, no cargo de designer gráfico

"Olá, sou Maria, prazer em conhecê-lo! Sou designer gráfico na empresa X, onde sou responsável pela criação de designs intuitivos para uma variedade de materiais de marketing para nossos clientes. Anteriormente, fiz mestrado em design gráfico. Estou procurando experiências para aprender mais sobre caminhos de carreira e maneiras de crescer e assumir um papel de diretora de arte nos próximos anos. Seu trabalho com a marca XYZ inspirou a maneira como penso sobre design, e adoraria falar mais sobre uma possível mentoria com você, se isso for algo para o qual você tenha tempo e interesse."

  • Contexto: adicionando um contato, no cargo de analista de Negócios

"Olá! Meu nome é Ana, é um prazer conhecê-lo. Tenho formação em business analytics, com pouco mais de dez anos de experiência na criação de soluções baseadas em dados para vários problemas de negócios. Especificamente, adoro e tive grande sucesso na avaliação estratégica da análise de dados com nossa equipe executiva. Parece que você faz um trabalho semelhante ao meu e gostaria de manter contato para saber mais sobre o que você e sua empresa fazem."

  • Contexto: procurando uma oportunidade de trabalho, no cargo de planejador de mídia

"Olá, sou o Tomás. Passei os últimos oito anos aprendendo e crescendo na função de planejador de mídia. Uma das minhas conquistas de maior orgulho foi um projeto 'pro-bono', que foi reconhecido como uma das principais campanhas sem fins lucrativos no ano passado. Há já algum tempo estou interessado em migrar minha atuação para uma organização sem fins lucrativos e adoro o que a sua empresa faz na área da educação. Você se importaria de me contar sobre qualquer necessidade de planejamento de mídia que eu possa ter na equipe?"

*O texto "Pitch de elevador: como fazer uma boa apresentação em 60 segundos" foi originalmente publicado no portal Na Prática, da Fundação Estudar.

PUBLICIDADE

Empregos e carreiras