PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Empregos e carreiras

Google vai dar bônus adicional de R$ 9 mil para todos os funcionários

Sede do Google em Mountain View - Getty Images
Sede do Google em Mountain View Imagem: Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/12/2021 11h16

A Alphabet, empresa matriz do Google, anunciou ontem que dará um bônus adicional para todos os seus funcionários globalmente, já que a gigante de tecnologia adiou o plano de voltar ao trabalho presencial nos escritórios por causa da variante ômicron do coronavírus.

Questionado pelo UOL, o Google confirmou que a bonificação se aplica aos escritórios do Brasil. "Todos os funcionários receberão um bônus de bem-estar no valor de US$ 1,6 mil [aproximadamente R$ 9 mil] no fim deste ano. Nós estimulamos que o valor seja usado em algo que traga conforto e bem-estar para os funcionários".

O benefício, de pagamento único, será adicional ao subsídio já dado para quem está de home office e ao "bônus de bem-estar" pagos pela empresa. O objetivo é dar mais um suporte financeiro para os funcionários durante a pandemia do coronavírus, disse o porta-voz à agência de notícias, sem detalhar o valor total que a empresa reservou para o bônus extra.

Em março, uma pesquisa interna do Google revelou uma queda no bem-estar dos funcionários ao longo de 2020 e, desde então, a companhia anunciou uma série de benefícios, incluindo o "bônus de bem-estar" no valor de US$ 500 (cerca de R$ 2,8 mil).

Na semana passada, o Google adiou por tempo indeterminado os planos de retomar o trabalho presencial em meio ao temor do avanço da ômicron pelo mundo e a resistência de funcionários à obrigatoriedade da vacina contra covid-19 na empresa.

A previsão anterior era de que em 10 de janeiro os funcionários do Google retornassem aos escritórios.

PUBLICIDADE

Empregos e carreiras