Só para assinantesAssine UOL

Fiagro explica dividendos e investe R$ 90 milhões em novos ativos

O SNAG11, Fiagro da Suno Asset, anunciou um resultado de R$ 3,664 milhões em setembro, correspondente a R$ 0,12 por cota. Em seu novo relatório gerencial, a gestão diz que essa quantia superou "significativamente" os lucros acumulados de R$ 1,564 milhão nos demais meses, equivalente a R$ 0,05 por cota.

Os dividendos do SNAG11 foram pagos em 25 de outubro de 2023, no valor de R$ 0,10 por cota. Já os que detinham os recibos tiveram direito a R$ 0,04. Em setembro, foram distribuídos R$ 0,12 por cota em rendimentos.

A gestão explica que "o pagamento de R$ 0,10 por cota reflete, em partes, a queda da taxa do CDI, que vem ocorrendo desde agosto".

Nesse sentido, 92% dos ativos do portfólio do SNAG11 são investimentos atrelados ao CDI, com uma taxa de CDI + 3,26% ao ano.

Novos investimentos do Fiagro SNAG11

O SNAG11 também destacou os novos investimentos realizados pelo Fiagro, a partir dos recursos captados em sua 3ª emissão de cotas. Conforme seu novo relatório, o fundo investiu R$ 40 milhões no CRA Letíssimo, cujo devedor é a empresa Leitíssimo, com mais de 20 anos de atuação na produção de leite longa vida no Brasil.

O novo CRA do Fiagro SNAG11 tem uma taxa de CDI + 5,00% ao ano que, segundo a gestão, é "consideravelmente acima do carrego médio do fundo". Sua alienação fiduciária traz um LTV de 45%.

Com isso, o carrego médio da carteira de CRAs mudou de CDI + 3,00% ao ano, para CDI + 3,26% ao ano.

"Essa operação corporativa marca a entrada do fundo no setor de laticínios. Vale ressalva para o fato de que a originação e estruturação do CRA foi realizado pelo próprio time da Suno Asset o que proporciona uma operação com alinhamento de estrutura, risco & retorno, além de não ter sobreposição com outros ativos de outros fiagros", disse a gestão.

Continua após a publicidade

Em outro comunicado, o fundo SNAG11 também anunciou um investimento de R$ 50 milhões no CRA Grupo Ruiz, cujo devedor é a Agropecuária Ruiz Ltda., uma produtora de café com mais de 90 anos de história. Nesse caso, o CRA tem uma taxa de CDI + 4,50% ao ano.

Do dinheiro captado na 3ª emissão de cotas do SNAG11, cerca de R$ 20 milhões foram usados em operações que já compunham o portfólio do Fiagro: R$ 15 milhões em operações compromissadas e R$ 5 milhões no CRA Pulverizado BS.

Este material foi elaborado exclusivamente pelo Suno Notícias (sem nenhuma participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo nenhum tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco. Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora