Só para assinantesAssine UOL

Dividendos de Natal: Vale (VALE3), Taesa (TAEE11) e Petrobras (PETR4) estão na lista; veja agenda completa

O Natal dos investidores está quase aí. A agenda de dividendos em dezembro conta com 15 empresas que pretendem pagar os acionistas proventos ou juros sobre capital próprio (JCP) desde o primeiro até o último dia do mês (e do ano), como a Vale (VALE3).

Além da Vale (VALE3), mais blue chips da B3 (empresas que exercem grande influência na bolsa de valores brasileira) distribuirão seus lucros, como a Petrobras (PETR4) e o Itaú Unibanco (ITUB4). O pagamento da PETR4 acontece em dois lotes, nos dias 15 e 27 de dezembro, enquanto que os dividendos de ITUB4 serão distribuídos em 1º de dezembro, assim como os da VALE3.

Metalúrgica Gerdau (GOAU4) e Bradespar (BRAP4) despontam com os maiores dividend yields (DY) do mês, com 7,69% e 4,39%.

Proventos de final de ano: Agenda de dividendos e JCP de dezembro

Na tabela a seguir, é possível encontrar todas as empresas que já anunciaram em Fato Relevante que irão pagar dividendos ou JCP durante os últimos dias de 2023, entre 1º e 31 de dezembro. Além disso, a tabela indica a Data Com ou data de corte, período limite em que o investidor deve deter os papeis para poder receber os proventos.

Para os investidores que irão receber dividendos em dezembro, vale lembrar que não é preciso fazer nada. O dinheiro deverá ser automaticamente depositado na conta da corretora ou instituição financeira onde as ações foram adquiridas.

A estratégia de investimentos focada em dividendos é interessante para quem investe com o pensamento a longo prazo, para continuar a investir e converter os lucros em novos ativos. Com o passar dos anos, investimentos como esse também podem ser uma oportunidade valiosa para ter um patrimônio de renda passiva.

Este material foi elaborado exclusivamente pelo Suno Notícias (sem nenhuma participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo nenhum tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco. Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora