Só para assinantesAssine UOL

Carrefour (CRFB3): Genial vê 'ciclo de crescimento de lucro' e eleva recomendação para compra

O Carrefour (CRFB3) deve se beneficiar de uma melhora no cenário macroeconômico para alcançar um ciclo de crescimento de lucro em 2024.

A visão é baseada no mais novo relatório da Genial Investimentos, com prévias para o quarto trimestre de 2023 (4T23) e estimativas da casa para 2024.

Para o segmento de varejo do Carrefour, os analistas da Genial apontam que deverá haver pressão em margens ao longo do 4º trimestre de 2023 e ainda no 1º semestre de 2024, refletindo a reestruturação e fechamento de lojas do grupo. Entretanto, para o desenrolar do ano, a casa está mais otimista:

"A conjunção de uma melhora do cenário macroeconômico juntamente a evolução do micro deve levar o Carrefour a um ciclo de crescimento de lucro, a partir daqui", diz o documento.

A Genial estima que o Carrefour (CRFB3) deva ser negociado a 13,0x P/E em 2024, 19% abaixo da média histórica dos últimos 5 anos. A recomendação da casa foi de "manter" para "comprar" ações de CRFB3, com o preço-alvo mantido em R$ 14,00 para o ano.

Expansões podem atingir break-even mesmo em deflação

De acordo com os indicadores econômicos mais recentes, o preço de alimentos, especialmente o segmento de alimentação em domicílio, indicou uma queda. Entre outubro e dezembro de 2023, a deflação de 0,52% a/a ainda não deverá significar uma mudança no comportamento de consumo do público, segundo a Genial

A persistência da inflação de produtos secos como arroz e feijão, contudo, poderá ser um "gatilho positivo de curto prazo para as empresas de Cash-and-Carry, uma vez que commodities é bem representativo no mix de vendas deste segmento", afirmou a casa.

Enquanto isso, não é esperado que os resultados do 4T23 apresentam muitas aberturas ou fechamentos nas unidades do Carrefour.

Continua após a publicidade

No segmento do varejo, a mudança na rentabilidade poderá vir de lojas convertidas que atinjam o ponto de equilíbrio (break-even), ou seja, equiparando os gastos e a receita.

Além disso, é esperado que o Atacadão tenha um Same Store Sales (SSS) negativo nesse trimestre, com uma recuperação gradual de -2,2% pela Genial.

O formato de clube do Carrefour (CRFB3), o Sam's Club, é destacado pela Genial como beneficiado pelo crescimento de clientes ativos e pela expansão de lojas. Projeções indicam o maior crescimento de faturamento do grupo, com um estimado Same Store Sales em +6,5% a/a e uma margem EBITDA de 5,0% no trimestre.

Fatores positivos para o Carrefour em 2024

Além disso, a Genial destaca seis pontos que podem influenciar no melhor desempenho da rentabilidade do Carrefour:

  • Com o El Niño, é provável que a inflação alimentar retorne, o que pode alavancar operacionalmente a vertical de Cash-and-Carry, porém nada tão intenso quanto entre os anos de 2020 e 2022;
  • A maturação de lojas convertidas (safra 2022/2023) devem impulsionar o crescimento da rentabilidade do grupo;
  • Queda da Selic pode beneficiar o lucro de Carrefour ao longo de 2024, além de abrir espaço para o Banco Carrefour reverter provisões feitas ao longo dos últimos trimestres;
  • A rede de supermercados já anunciou uma expectativa de redução de 40% a/a no Capex para 2023, junto a uma normalização de estoques (-2 dias a/a), que pode ajudar a impulsionar o fluxo de caixa operacional da companhia ao longo do ano.
  • A normalização da alíquota de imposto (que se apresenta distorcida desde o início da integração do Grupo BIG);
  • Maior rentabilização de Carrefour Property, com o prosseguimento do carve-out da vertical.
Continua após a publicidade

"A nossa estimativa é que Carrefour (CRFB3) apresente um lucro líquido consolidado de R$ 1,7 bilhões em 2024", concluiu a Genial em relatório publicado neste domingo (28).

Este material foi elaborado exclusivamente pelo Suno Notícias (sem nenhuma participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo nenhum tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco. Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora