Bolsas

Câmbio

Peugeot-Citroën é alvo de batida na França, em meio a fraudes de VW e Mitsubishi

  • Divulgação

Paris, 21 Abr 2016 (AFP) - O grupo automotivo Peugeot-Citroën (PSA) anunciou, nesta quinta-feira, que foi alvo de batida feita pelo serviço de repressão a fraudes na França, em uma investigação derivada do escândalo dos motores a diesel fraudados pela alemã Volkswagen.

"No âmbito das investigações realizadas atualmente sobre emissões de poluentes do setor automotivo, o PSA foi alvo neste dia (quinta-feira) de uma operação" dos serviços de repressão a fraudes, indicou o grupo em um comunicado. 

Na nota, a empresa afirma cumprir as normas "em todos os países onde atua" e disse estar "cooperando totalmente com as autoridades".

O órgão de repressão a fraudes confirmou que investigava "irregularidades" envolvendo emissões de poluentes em veículos.

Em um comunicado enviado à agência de notícias AFP, o órgão informou que "não se antecipa às conclusões da investigação, realizada no âmbito dos procedimentos ordinários".

O governo francês havia determinado a realização de testes nos veículos de vários fabricantes, após o escândalo que envolveu a Volkswagen, revelado em 2015. A VW admitiu o uso de um sofisticado software secreto em seus carros para enganar os testes de emissões de poluentes.

Na quarta-feira, o presidente da Mitsubishi Motors admitiu ter manipulado dados sobre o consumo de combustível de alguns de seus modelos. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos