Bolsas

Câmbio

Wall Street fecha com forte queda após Brexit

Nova York, 24 Jun 2016 (AFP) - Wall Street fechou com forte queda nesta sexta-feira, após a decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia.

Segundo resultados definitivos de fechamento, o índice Dow Jones Industrial Average caiu 611,21 pontos, a 17.399 unidades, a maior queda em pontos desde o verão (boreal) de 2011, e o Nasdaq caiu 202,06 pontos, a 4.707,98 unidades. O índice ampliado S&P 500 recuou em 76,02 pontos, a 2.037,30 unidades.

A vitória do Brexit no referendo de quinta-feira surpreendeu todos os mercados financeiros, que chegaram a registrar quedas da mesma magnitude que na ocasião de quebra do banco americano Lehman Brothers em 2008.

A baixa de Wall Street foi, contudo, mais limitada do que a das bolsas europeias, como Madri (-12,35%), Paris (-8,04%) e Frankfurt (-6,82%).

"O mercado americano de ações se beneficiará da ideia que está relativamente seguro em relação aos outros? Assistiremos uma mudança de tendência dos mercados financeiros e de títulos com a ideia de que a reação imediata ao Brexit foi exagerada? Essa votação britânica provocará uma correção, ou algo pior, neste verão (boreal)? Tudo é possível", resume Patrick O'Hare, da Briefing.

No mercado de títulos, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos voltou a níveis inéditos desde o verão (boreal) de 2012. Às 20H00 GMT (17H00 horário de Brasília) caiu para 1,565%, contra 1,745% de quinta-feira, e o dos bônus a 30 anos caiu de 2,415%, contra 2,558% na véspera.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos