PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Merck tem prejuízo no 3º trimestre, afetada por gastos e ciberataque

27/10/2017 14h36

Nova York, 27 Out 2017 (AFP) - O laboratório farmacêutico Merck fechou o terceiro trimestre no vermelho, afetado por um gasto de 2,35 bilhões de dólares, devido a uma associação com o britânico AstraZeneca e a um ciberataque recente que afetou suas fábricas.

O prejuízo líquido é de 56 milhões de dólares, em comparação a um lucro de 2,18 bilhões no terceiro trimestre de 2016.

A Merck explicou que precisou enfrentar gastos inesperados por causa de um acordo estratégico com o laboratório britânico AstraZeneca para desenvolver e comercializar o Lynparza, um tratamento contra o câncer de ovário que poderia ser útil contra câncer de mama, próstata e pâncreas.

Sem contar esses gastos, o lucro por ação ficou em 1,11 dólar, acima do 1,03 dólar antecipado em média pelos mercados financeiros.

O volume de negócios trimestral caiu, contudo, 2%, a 10,33 bilhões de dólares, afetado pelo ciberataque maciço de julho a várias multinacionais, que provocou uma suspensão temporária da produção de diversas unidades.

A Merck deixou de ganhar cerca de 135 milhões de dólares, quando tinha anunciado, em julho, que esse ataque informático não teria consequências sobre suas contas.

lo/jpr/dg/val/ll

ASTRAZENECA