PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

EUA sanciona Juan Carlos Ortega, filho do presidente da Nicarágua

17/07/2020 13h02

Washington, 17 Jul 2020 (AFP) - O Tesouro dos Estados Unidos impôs nesta sexta-feira (17) sanções financeiras contra Juan Carlos Ortega, filho do presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, e da vice-presidente e primeira-dama, Rosario Murillo.

"Estados Unidos continuará atingindo aqueles que apoiam o governo de Ortega e desviam fundos da economia nicaraguense", afirmou o secretário do Tesouro, Steven T. Mnuchin, em comunicado.

O Departamento do Tesouro informou que Juan Carlos Ortega e José Jorge Mojica foram incluídos na lista negra do Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC), assim como duas empresas, Difuso Comunicações e Mundo Digital, acusadas de serem usadas para fazer propaganda e lavagem de dinheiro.

Dessa forma, Juan Carlos se junta a seus irmãos Rafael e Laureano e a seus pais, que também estão na lista negra.

As sanções do Tesouro envolvem o bloqueio de todos os bens e ativos sob a jurisdição dos Estados Unidos e proíbem qualquer transação que envolva indivíduos e entidades americanas.

Daniel Ortega, de 74 anos, foi reeleito numa eleição questionada em 2016, para um mandato que deve terminar em 2022.

Mas em abril de 2018, um grande movimento de protesto contra uma reforma da segurança social pediu para adiantar as eleições. A repressão deixou pelo menos 328 mortos, segundo a Comissão Interamericana de Direitos Humanos.

an/lp/aa