PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Inscrições para seguro-desemprego nos EUA em nível mais baixo desde o início da pandemia

20/05/2021 12h41

Washington, 20 Mai 2021 (AFP) - Os pedidos semanais de seguro-desemprego continuaram caindo no início de maio nos Estados Unidos, atingindo o nível mais baixo desde o início da pandemia, coincidindo com a recuperação progressiva da atividade econômica, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (20) pelo Departamento do Trabalho.

Entre 9 e 15 de maio, 444.000 pessoas se inscreveram para receber seguro-desemprego, ante 478.000 na primeira semana de maio, de acordo com dados ligeiramente revisados para cima.

Este número é melhor do que o esperado, pois os analistas antecipavam 460.000 inscrições.

O número total de pessoas que recebem seguro-desemprego também caiu, ficando abaixo dos 16 milhões registrados na última semana de abril, segundo dados também divulgados nesta quinta.

Por outro lado, a criação de empregos foi muito decepcionante em abril, com apenas 266 mil novos postos de trabalho, muito longe do milhão esperado. E a taxa de desemprego aumentou ligeiramente pela primeira vez em um ano (6,1%).

Os republicanos atribuem isso aos benefícios mais generosos para os desempregados, depois de muitos empregos perdidos devido à pandemia.

Segundo eles, os auxílios incentivam os desempregados a ficar em casa em vez de procurar trabalho.

Muitos empregadores têm dificuldade em contratar empregados, especialmente em empregos de baixa qualificação e baixa remuneração.

Assim, 21 dos 27 governadores de estados republicanos planejam reduzir ou mesmo eliminar esses benefícios adicionais, voltando a pagar apenas os subsídios habituais, com duração máxima de três a seis meses.

Assim, cerca de 2,5 milhões de pessoas que esgotaram seus direitos ou são autônomas não receberão nenhum benefício, de acordo com cálculos de analistas da Oxford Economics.

O presidente dos Estados Unidos, o democrata Joe Biden, reafirmou recentemente a necessidade de manter esses subsídios, ao mesmo tempo em que alertou aqueles que se aproveitam da generosidade do governo.

jul/jum/abx/yo/gma/mr