Wall Street fecha com resultados mistos e setor tecnológico afetado

A Bolsa de Nova York encerrou de forma mista sua primeira sessão do ano, com realizações de lucros que afetaram especialmente o setor de tecnologia, enquanto os valores defensivos resistiram.

O índice Dow Jones subiu apenas 0,07%, o tecnológico Nasdaq recuou 1,63%, e o amplo S&P 500 cedeu 0,57%.

O Nasdaq não perdia tantos pontos em uma única sessão em mais de dois meses. O dia começou mal depois que um analista do Barclays rebaixou sua recomendação para a Apple (-3,58%), justificando que as vendas do iPhone 15 estavam abaixo do esperado.

Em apenas uma sessão, a empresa perdeu mais de 100 bilhões de dólares em capitalização de mercado.

A queda ocorre quando a ação já havia apresentado um desempenho pior do que seus principais concorrentes, em parte devido à falta de anúncios no competitivo segmento de inteligência artificial (IA).

Nesta terça-feira, muitos investidores também se desfizeram das ações da ASML (-5,28%), impactada pela proibição das autoridades holandesas de exportar para a China alguns de seus modelos essenciais para a fabricação de semicondutores.

Com a notícia, o restante da indústria de microprocessadores também reagiu negativamente, desde AMD (-5,99%) até Intel (-4,88%), passando por Nvidia (-2,73%), Qualcomm (-3,04%) e Broadcom (-2,77%).

As turbulências do dia favoreceram os valores conhecidos como defensivos, teoricamente menos sensíveis à conjuntura.

tu/cm/cjc/mel/ic/am

Continua após a publicidade

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes