Petróleo sobe, mas mercado segue vacilante

Os preços do petróleo subiram nesta terça-feira (9) em um rebote técnico que seguiu um impasse na segunda, mas o mercado ainda carece de certezas.

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em março cedeu 1,93%, ficando em 77,59 dólares. E o West Texas Intermediate (WTI) dos Estados Unidos para fevereiro subiu 2,07%, aos 72,24 dólares.

"Ontem tivemos uma queda após os anúncios sobre as tarifas sauditas para fevereiro, e hoje temos direito a um rebote", comentou Matt Smith, da Kpler.

Na segunda-feira, a petrolífera nacional saudita Aramco divulgou seus novos preços para fevereiro, que incluem uma queda de 2 dólares por barril, mais acentuada do que o esperado, para todos os seus mercados.

"A situação continua frágil no Oriente Médio e os riscos de escalada persistem, o que pressiona os preços para cima", destacou Susannah Streeter, da Hargreaves Lansdown, em nota.

A principal notícia do dia veio do relatório mensal da Agência de Informação de Energia dos Estados Unidos (EIA), que prevê que a demanda mundial por hidrocarbonetos crescerá mais (1,4 milhão de barris por dia) do que a produção (+600 mil barris por dia) em 2024. Essa diferença provavelmente favorecerá os preços.

A agência também leva em consideração os compromissos de vários membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados na Opep+ de restringir ainda mais seus volumes este ano.

tu/nth/gm/mel/ic/mvv

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes