Goldman Sachs registrou forte aumento de lucro no quarto trimestre de 2023

O banco de investimentos americano Goldman Sachs registrou um forte aumento de seu lucro líquido no quarto trimestre de 2023 em comparação com o ano anterior graças à corretagem de ações, embora seu desempenho no ano tenha diminuído.

A empresa financeira com sede em Nova York obteve lucro líquido de 1,9 bilhão de dólares (R$ 9,3 bilhões, na cotação atual) no último trimestre do ano passado, um aumento de 58% em relação ao mesmo trimestre de 2022, informou a instituição em um comunicado divulgado nesta terça-feira (16).

O lucro por ação aumentou para 5,48 dólares (R$ 26,8) frente a 3,32 dólares (R$ 16,9) um ano antes.

Segundo o banco, a corretagem de ações compensou no último trimestre a fragilidade de outras divisões, como a de assessoria para fusões.

No período considerado, a receita da companhia aumentou 7%, a 11,3 bilhões de dólares (R$ 55,4 bilhões), impulsionada pela atividade de corretagem de ações, em um ano que viu estes mercados de valores fecharem em níveis historicamente altos nos Estados Unidos.

Ao ano, o faturamento do banco caiu 2%, a 46,25 bilhões de dólares (R$ 226,7 bilhões). O lucro líquido também diminuiu, 27%, a US$ 7,9 bilhões (R$ 38,7 bilhões).

Assim como outros bancos, o Goldman Sachs foi afetado por um gasto excepcional, de US$ 529 milhões (R$ 2,59 bilhões), para a reconstituição do fundo de garantias que assegura os depósitos bancários (FDIC), após a quebra de vários bancos regionais americanos no ano passado.

jmb/lem/ico/eb/mr/llu/mvv/aa

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes