Tensão no Oriente Médio impulsiona preços do petróleo

Os preços do petróleo subiram nesta quinta-feira, alimentados pela tensão crescente no Oriente Médio, com novos ataques dos Estados Unidos contra os rebeldes huthis no Iêmen e bombardeios recíprocos entre Irã e Paquistão.

O preço do Brent para entrega em março subiu 1,56%, para US$ 79,10, e o WTI para fevereiro avançou 2,09%, fechando em US$ 74,08 por barril.

"Existe uma probabilidade crescente de interrupções no fornecimento de petróleo se a tensão regional aumentar", indicou o analista Andy Lipow, da Lipow Oil Associates.