PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Número de inadimplentes cai em setembro, mas valor de dívidas aumenta

Número de inadimplentes cai em setembro, mas valor de dívidas aumenta, segundo monitoramento do Serasa - Damir Khabirov/iStock
Número de inadimplentes cai em setembro, mas valor de dívidas aumenta, segundo monitoramento do Serasa Imagem: Damir Khabirov/iStock

29/10/2021 12h53Atualizada em 29/10/2021 12h53

O número de inadimplentes no Brasil chegou a 62,21 milhões de pessoas em setembro, o que representa uma ligeira retração (0,06%) ante o mês anterior.

Segundo o Mapa da Inadimplência e Renegociação de Dívidas no Brasil divulgado hoje (29) pela Serasa, esse é o valor mais baixo desde abril, quando foram registrados 62,98 milhões de brasileiros nessa situação.

De acordo com o estudo mensal, o número de dívidas totais no Brasil também é o menor registrado no período, com queda de 0,16% em relação a agosto, totalizando 208,46 milhões de contas.

Segundo o levantamento, apesar da queda na inadimplência, o valor total de dívidas em setembro teve alta de 0,34% na comparação com agosto, somando R$ 245,3 bilhões. A média dos valores da dívida é de R$ 3.944 por pessoa e de R$ 1.177 por dívida.

O segmento de bancos e cartões de crédito continua liderando a lista das contas responsáveis pela inadimplência, representando 28,7% delas, seguido das dívidas de contas básicas como água e luz (23,5%) e varejo com 13%.

"Os números revelam que os brasileiros estão buscando oportunidades de renegociar com condições diferenciadas e que as empresas credoras entendem cada vez mais a importância de oferecer essas condições para os brasileiros renegociarem: só em setembro, foram mais de R$ 3,27 bilhões de descontos concedidos em renegociações pelo Serasa Limpa Nome", disse a gerente da Serasa, Nathalia Dirani.

Recorte regional

Os estados onde há mais inadimplentes são: São Paulo (14,67 milhões), Rio de Janeiro (6,18 milhões), Minas Gerais (5,82 milhões), Bahia (4 milhões) e Paraná (3,29 milhões).

Esses também são os estados onde há maior número de negociações de dívidas. Segundo Nathalia, para muitos brasileiros o primeiro passo para o recomeço é estar com o nome limpo e o Serasa promove ações com essa finalidade durante o ano todo.

PUBLICIDADE