Conselho de Administração do Estabelecimento para Medicamentos dos Emirados aprova plano de formação de 100 dias para construir novo órgão regulador

ABU DHABI, 12 de janeiro de 2024 (WAM) -- Após sua formação pelo Gabinete dos Emirados Árabes Unidos em novembro de 2023 e a realização de sua reunião inaugural no mês passado, o Conselho de Administração do Estabelecimento para Medicamentos dos Emirados (EDE, na sigla em inglês) discutiu em sua segunda reunião o primeiro plano de 100 dias para a formação do novo órgão federal encarregado de supervisionar a regulamentação de todos os produtos médicos e farmacêuticos nos Emirados.

A reunião foi presidida pelo Dr. Thani bin Ahmed Al Zeyoudi, ministro de Estado do Comércio Exterior e presidente do Conselho de Administração do Estabelecimento para Medicamentos dos Emirados, na presença da Dra. Maha Taysir, vice-presidente do Conselho, da Dra. Fatima Mohammed Hilal Al Kaabi, gerente-geral do Estabelecimento, e dos membros do conselho: Dr. Issa Abdul Fattah Kazim, Badr Saleem Al Ulama, Dr. Aamer Ahmed Sharif, Dr. Farhan Malik e Professor Chris Evans.

A periodicidade das reuniões do Conselho de Administração do EDE foi um dos principais pontos de discussão na reunião inaugural do mês passado, na qual foi decidido que elas seriam realizadas em rápida sucessão até a construção da sede administrativa e institucional do Estabelecimento e sua plena ativação.

Al Zeyoudi aplaudiu a rápida sucessão de reuniões até o momento, destacando como sinal do compromisso do Estabelecimento em atingir seus objetivos gerais de aumentar a disponibilidade, a qualidade, a segurança e a eficácia dos serviços médicos e farmacêuticos nos Emirados Árabes Unidos e reforçar a posição do país como um centro global e regional para os setores farmacêutico e médico.

O presidente do Conselho declarou: "O compromisso do Estabelecimento para Medicamentos dos Emirados de acelerar sua formação institucional, organizacional e administrativa está alinhado com as diretrizes do país e com a visão de nossa sábia liderança de criar novos setores econômicos equipados para atender às necessidades da população futura, atrair investimentos locais e estrangeiros e nutrir as melhores mentes e competências na área". Uma vez em funcionamento, o Estabelecimento desempenhará um papel estratégico importante no desenvolvimento de capacidades nacionais nos setores médico e farmacêutico e no aumento da segurança de medicamentos no país."

Por sua vez, a Dra. Fatima Al Kaabi confirmou que continuar trabalhando para concluir a formação do EDE nos níveis administrativo e organizacional é um passo importante para atingir as metas estratégicas do órgão regulador que visa elevar o ecossistema de saúde e fabricação farmacêutica nos EAU e estimular o crescimento econômico.

A Dra. Al Kaabi afirmou: "O Estabelecimento para Medicamentos dos Emirados continuará no próximo período a implementar as decisões do Conselho de Administração para concluir a construção de sua estrutura organizacional e atrair uma equipe competente para garantir a elevação contínua do setor de saúde no país de acordo com os melhores padrões internacionais".

O Gabinete dos Emirados Árabes Unidos aprovou a formação do Conselho de Administração do Estabelecimento em dezembro de 2023. Esse Conselho, que terá um mandato de três anos, tem a tarefa de supervisionar o mandato da instituição federal para regulamentar e gerenciar todos os produtos médicos em nível nacional. A jurisdição da instituição se estende por todo o país, incluindo zonas francas, e abrange um amplo espectro de produtos. Isso inclui produtos farmacêuticos, dispositivos médicos, produtos de saúde, itens essenciais, suplementos nutricionais, cosméticos, preparações veterinárias, fertilizantes, condicionadores agrícolas, reguladores de crescimento de plantas, pesticidas e produtos de organismos geneticamente modificados. O decreto-lei do Conselho de Ministros também permite a inclusão de quaisquer outros produtos médicos.


Continua após a publicidade


Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes