Bolsas

Câmbio

Bilionários em Sun Valley buscam próxima grande transação

Anousha Sakoui e Mark Bergen

(Bloomberg) -- Pelo menos um magnata da mídia espera ver muito mais negócios como a compra da Time Warner pela AT&T, por US$ 85,4 bilhões. E as sementes de megafusões desse tipo poderão ser plantadas nesta semana em uma cidade-resort em Idaho.

Provedores de TV por assinatura e empresas de telefonia como a AT&T estão percebendo que precisam de programação exclusiva para se destacar na multidão de empresas de mídia, disse o CEO da Discovery Communications, David Zaslav, um dos primeiros nomes de peso a chegar na conferência anual de Sun Valley, organizada pela Allen & Co. Ele citou a transação da Time Warner e a compra da unidade de internet da Yahoo! pela Verizon Communications como exemplos, além dos negócios da própria Discovery para fornecer programação esportiva aos provedores de televisão europeus.

"Há mais pressão sobre os atores de cabo no mundo todo, sobre os atores de satélite e tecnologias móveis, para se fusionar ou descobrir como oferecer tudo isso junto", disse Zaslav a jornalistas. "Daqui a dois ou três anos, você vai comprar tudo isso de um único fornecedor. Temos conteúdos excelentes e exclusivos para fornecer, então eles vão precisar da gente."

O presidente da Snap, Michael Lynton, e o investidor Stanley Druckenmiller estavam entre os primeiros a chegar na terça-feira na conferência, que reúne executivos dos setores de mídia, telecomunicações e tecnologia.

A vice-presidente da Viacom, Shari Redstone, o CEO da News Corp., Robert Thomson, o CEO da IAC/InterActiveCorp, Joey Levin, o cofundador da Home Depot, Ken Langone, o proprietário do New England Patriots, Robert Kraft, o presidente da Publicis Groupe, Maurice Lévy, e o CEO da Expedia, Dara Khosrowshahi, também foram vistos chegando ao evento, que normalmente começa na primeira terça-feira depois do feriado americano de 4 de julho. O encontro dura uma semana e inclui apresentações e atividades sociais para executivos e investidores, que frequentemente vão acompanhados por familiares.

A reunião organizada pelo banco de investimentos especializado ? um assessor de fusões e aquisições para empresas como Facebook e Sirius XM Holdings ? está acontecendo pela primeira vez durante o governo Trump, cujas políticas favoráveis aos negócios geraram otimismo com a recuperação das atividades de transações. No entanto, Trump também expressou sua preocupação com fusões como a aquisição da Time Warner pela AT&T, dizendo que não quer ver muita concentração de poder na indústria de mídia ? e ameaçando impedir exatamente o tipo de meganegócios que esta conferência em particular tem fama de gerar.

"Em geral, é mais provável que o foco em como lidar com antitruste seja mais leve, então, de modo geral, menos regulação é algo mais positivo", disse Zaslav. "Dessa perspectiva, é provável que haja um ambiente favorável para os negócios aqui."

Em meio a churrascos e passeios de bicicleta, os investidores na lista de convidados, como Warren Buffett, terão a oportunidade de se encontrar com CEOs das maiores empresas dos EUA, como Tim Cook, da Apple, e dignitários como Yousef Al Otaiba, embaixador dos Emirados Árabes Unidos nos EUA. O evento é privado e realizado longe dos olhos do grande público. O acesso a grande parte do resort fica restrito durante a semana e a segurança é alta.

A conferência descontraída e exclusiva para convidados é famosa por preparar o terreno para negócios que mudam a indústria. Um exemplo clássico é a venda do Washington Post para o fundador da Amazon.com, Jeff Bezos, em 2013. O Post havia contratado a Allen & Co. para encontrar compradores, mas só se chegou a um acordo na conferência em Idaho. Os negócios não são apenas corporativos: políticos também aproveitaram o evento para estabelecer conexões e encontrar doadores. Mark Zuckerberg doou US$ 100 milhões para o sistema de escolas públicas de Newark, Nova Jersey, depois de conhecer o então prefeito, Cory Booker, no frondoso resort em 2010.

Versão em português: Patricia Xavier em Sao Paulo, pbernardino1@bloomberg.net.

Repórteres da matéria original: Anousha Sakoui em Los Angeles, asakoui@bloomberg.net, Mark Bergen em São Francisco, mbergen10@bloomberg.net.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos