PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

IA ajuda a elevar financiamento com capital de risco no Canadá

Natalie Wong

26/10/2017 13h45

(Bloomberg) -- O financiamento com capital de risco às startups de tecnologia canadenses atingiu o maior valor em oito trimestres e a inteligência artificial engloba uma fatia crescente dos investimentos, segundo relatório sobre o setor.

As empresas canadenses financiadas pelo capital de risco receberam US$ 858 milhões em capital em 81 acordos no terceiro trimestre, mais que o dobro do valor do período anterior, elevando o total a US$ 1,8 bilhão no ano, afirmaram a PricewaterhouseCoopers Canadá e a empresa de tecnologia de dados CB Insights nesta quarta-feira.

"Com esse impulso, esperamos um fechamento forte para o ano", disse Chris Dulny, líder nacional do setor de tecnologia da PwC Canadá, no relatório. A inteligência artificial registra um ano recorde após receber US$ 191 milhões e o investimento em tecnologia financeira também caminha para um resultado sólido, segundo o relatório.

O setor de tecnologia canadense vem ganhando impulso. Facebook e Uber Technologies investiram em laboratórios de IA no país e o primeiro-ministro Justin Trudeau forneceu centenas de milhões de dólares em recursos de capital de risco e apoio a pesquisas sobre inteligência artificial. Não faltam pesquisas e startups no Canadá, mas o aumento de escala não tem sido fácil: a Shopify foi a única empresa de tecnologia canadense a realizar um IPO importante nos últimos dois anos, e apenas algumas empresas alcançaram uma avaliação de pelo menos US$ 1 bilhão.

"É difícil levantar dinheiro no Canadá como capitalista de risco", disse Mike Woollatt, CEO da Associação Canadense de Private Equity e Capital de Risco, já que as instituições não são tão ativas no setor quanto nos EUA. "Os fundos de capital de risco tendem a ser muito menores no Canadá. Isso prejudica nossa capacidade de ampliar a escala e de avançar com rapidez? Provavelmente."

Para Woollatt, há notáveis exceções: a OMERS Ventures, uma unidade do Fundo dos Sistemas de Aposentadoria dos Funcionários Municipais de Ontário, mantém cerca de 800 milhões de dólares canadenses (US$ 625 milhões) em ativos sob gestão.

LeddarTech, eSentire

Entre as maiores ofertas do trimestre estão a da LeddarTech, empresa de Quebec, que captou US$ 101 milhões para desenvolver a tecnologia de radar laser, e o investimento de US$ 100 milhões da firma de private equity dos EUA Warburg Pincus na empresa de segurança cibernética eSentire, segundo o relatório.

Os canadenses representaram a maioria dos investidores ativos na fase de semente do financiamento, enquanto os investidores dos EUA representaram a maioria dos acordos em fase avançada, de acordo com o relatório.

"Conseguir investimento dos EUA é fundamental -- é parte importante do crescimento, sob muitos aspectos, porque proporciona uma conexão com o Vale", disse Woollatt, em entrevista por telefone. Mas é um "enorme erro" depender unicamente de investidores estrangeiros para financiar o ecossistema canadense. "Elimina-se assim parte fundamental do ecossistema local, onde gerentes de capital de risco oferecem localmente grande parte da conectividade, da inteligência e de todas as coisas que o capital de risco traz além dos dólares."