Bolsas

Câmbio

Flybondi oferece voos abaixo do piso estipulado pela Argentina

Carolina Millan e Jorgelina do Rosario

(Bloomberg) -- A primeira operadora de baixo custo da Argentina quer deixar o custo ainda mais baixo.

A Flybondi deve realizar seu primeiro voo no final de janeiro, disse o CEO Julian Cook em entrevista. A empresa é a primeira de várias companhias de baixo custo a chegar ao país devido ao empenho do presidente Maurício Macri para abrir rotas para novos atores e reduzir os custos para o consumidor.

Para facilitar o caminho, o governo eliminou os limites máximos das tarifas aéreas, mas mantém um piso para os preços - um obstáculo para as companhias que pretendem vender voos a preços de pechincha. A Flybondi e outras, no entanto, podem vender voos nacionais com um preço promocional 20 por cento abaixo do limite inferior até 10 dias antes do voo, graças a um decreto presidencial que autoriza as companhias de baixo custo. Ainda assim, isso talvez não baste para as rotas mais competitivas, como Buenos Aires-Córdoba, disse Cook.

"Eu não concordo com a decisão do governo de manter o limite inferior - é fácil não fazer nada", disse ele na sede da empresa em Buenos Aires, sentado ao lado de seu labrador cor de chocolate Nelson, homenageado no nome do primeiro avião da Flybondi. "Se os preços não mudarem, estaremos lutando contra as companhias aéreas existentes pelo mesmo bolo. Para que o bolo fique maior, é preciso reduzir os preços. É uma equação simples."

A tarifa mínima que uma companhia aérea pode cobrar por uma viagem entre Buenos Aires e Córdoba, a segunda maior cidade da Argentina, é de 788 pesos, de acordo com os pisos definidos pelo governo. A Flybondi está oferecendo esse voo por 697 pesos. No entanto, a pesquisa média para o final de fevereiro mostra que um voo só de ida custa 1.300 pesos.

Os pisos de preço beneficiam as empresas de ônibus e a companhia aérea estatal Aerolíneas Argentinas, disse Cook. O governo não tem planos de curto prazo para eliminar esses limites, disse o ministro dos Transportes, Guillermo Dietrich, em 22 de novembro. As tarifas no limite inferior da faixa de preço caíram mais de 50 por cento em dólares, devido à alta inflação, acrescentou. A inflação encerrou 2017 em 24,8 por cento, de acordo com o instituto de estatísticas, e a meta de inflação do banco central para 2018 é de 15 por cento.

Voos internacionais

A Flybondi vendeu mil passagens na primeira hora de vendas em 10 de janeiro, que inclui seu voo inaugural em 26 de janeiro entre Córdoba e Iguaçu. Atualmente, a companhia está pagando as taxas de aeroporto, por isso os preços estão mais baixos para os consumidores. A companhia aérea opera 16 rotas nacionais e pretende ter 33 até o final do ano, incluindo rotas regionais para Santiago, Montevidéu, Punta del Este e Assunção.

Embora a empresa esteja atualmente voltada para o mercado interno, os voos internacionais podem ser outra oportunidade de crescimento, porque não existe um piso de preço para eles, disse Cook. Ainda assim, talvez seja necessário esperar - a Flybondi pretende voar para o exterior a partir de um aeroporto de baixo custo em El Palomar, que ainda não possui escritórios de alfândega ou imigração. Projeta-se que eles ficarão prontos no segundo semestre do ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos