ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Qualcomm vê novo chip como peça central de implementação do 5G

Ian King

08/02/2018 14h34

(Bloomberg) -- A Qualcomm, maior fabricante de chips para telefones celulares, anunciou que a nova geração de serviços de internet sem fio de alta velocidade chegará antes que o esperado pela maioria.

Um grupo de provedores de redes de telefonia celular que inclui a China Mobile, a maior do mundo, iniciará neste ano os testes do serviço de quinta geração, ou 5G, e muitos começarão a oferecê-lo comercialmente em 2019, afirmou a Qualcomm. Os provedores usarão o novo modem X50 da empresa com sede em San Diego, um chip capaz de acessar dados a mais de 4 gigabits por segundo, velocidade várias vezes superior à disponível atualmente, informou a Qualcomm nesta quinta-feira, em comunicado.

A Qualcomm precisa que as operadoras lancem o serviço mais rápido para estimular o crescimento e ajudar a fabricante de chips a provar que pode prosperar como uma empresa independente. A Qualcomm enfrenta uma proposta de aquisição hostil por US$ 121 bilhões da Broadcom, que argumenta que o crescimento do setor como um todo está estagnado e que o melhor é espremer lucro de tecnologias existentes, em vez de investir muito em busca de inovações que talvez não compensem. Os chips da Qualcomm estiveram na vanguarda das melhorias anteriores da tecnologia móvel.

A empresa também anunciou que um grupo formado por fabricantes de telefones como Xiaomi, LG Electronics e Guangdong Oppo Electronics se comprometeu a fabricar aparelhos com 5G usando o X50, que estará pronto para venda no ano que vem.

Mais Economia