Bolsas

Câmbio

Walmart renova website nos EUA para atrair clientes da Amazon

Matthew Boyle

(Bloomberg) -- O Walmart lançará um novo site no mês que vem, como parte de uma estratégia da maior varejista do mundo para atrair clientes da rival Amazon.com por meio de uma experiência de compra mais personalizada.

O novo site incluirá cores e fontes novas e imagens focadas no estilo de vida, de acordo com uma postagem de blog do chefe de comércio eletrônico do Walmart nos EUA, Marc Lore. A página inicial do site apresentará os itens mais vendidos na localização de cada cliente e um link rápido para comprar itens encomendados anteriormente. O site também terá uma seção nova de moda e outras categorias serão repaginadas ao longo deste ano.

"Queremos que em cada categoria o cliente se sinta como se estivesse comprando em uma loja especializada", disse Lore na postagem. "Nosso objetivo é que comprar seja uma experiência atraente para os consumidores, seja o que for que eles estiverem procurando: fraldas, sabão em pó ou uma mesa de jantar nova."

O novo design, que Lore mencionou pela primeira vez em uma conferência de investidores em outubro, pretende convencer os consumidores frugais das lojas Walmart a comprar também on-line -- os clientes que compram pelo site gastam quase o dobro. A nova aparência também poderia ajudar a varejista a recuperar o ímpeto que perdeu durante o período de fim de ano, quando as vendas on-line cresceram menos da metade do que nos trimestres anteriores.

A varejista tem um alvo bem definido: a Amazon, que continua avançando em categorias-chave para o Walmart, como moda e alimentos.

Feedback de clientes

Lore disse que o novo design está baseado no feedback de clientes, de fornecedores e também de marcas que atualmente não vendem seus produtos no site. Ele se comprometeu a tornar o Walmart.com um destino mais sofisticado incluindo marcas premium, como as caixas de som Bose. A nova página de moda terá itens da rede de lojas de departamentos Lord & Taylor, que fechou uma parceria com o Walmart no ano passado.

O documento não mencionou o Jet.com, o site cofundado por Lore que o Walmart comprou em 2016. O tráfego do Jet caiu nos últimos meses, quando o Walmart concentrou mais esforços em seu site principal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos