IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Pássaro provoca incêndio em fazenda solar na Califórnia

David R. Baker e Millicent Dent

25/06/2019 13h28

(Bloomberg) -- Pode ser seguro para um pássaro pousar em um cabo elétrico, mas não em dois ao mesmo tempo.

Um incêndio ocorrido em 5 de junho em uma fazenda solar da Califórnia, que devastou cerca de 460 mil hectares, começou quando um pássaro voou entre um par de cabos, causando um curto-circuito e uma chuva de faíscas, disse um membro do Corpo de Bombeiros do estado da Califórnia. A história não terminou bem para a usina nem para o pássaro.

"Se uma asa toca cada um dos condutores, estes se transformam em uma lâmpada", disse Zach Nichols, chefe do batalhão do Departamento de Proteção Florestal e de Incêndio da Califórnia. "Acontece o tempo todo."

A Clearway Energy, proprietária da fazenda solar, havia informado que o incêndio foi causado por "incidente aviário" sem dizer exatamente o que aconteceu nas remotas instalações das terras áridas entre Los Angeles e São Francisco. O incêndio danificou postes de energia elétrica e cabos da usina, cortando 84% de sua capacidade de geração e causando perdas estimadas entre US$ 8 milhões a US$ 9 milhões, disse a empresa.

A Califórnia possui uma usina solar que é conhecida por incendiar pássaros. Mas essa unidade - o Sistema de Geração Elétrica Solar Ivanpah - usa outra tecnologia. Na Ivanpah, campos de espelhos concentram a luz solar em torres centralizadas, representando um perigo para os pássaros que voam para as vigas.

O incêndio da semana passada, no entanto, ocorreu em uma fazenda solar que usa painéis fotovoltaicos, exatamente como os dos telhados.

Repórteres da matéria original: David R. Baker em São Francisco, dbaker116@bloomberg.net;Millicent Dent em N York, mdent13@bloomberg.net

Mais Economia