PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Moody's vê setor de petróleo com otimismo apesar de dívidas

Christine Buurma

13/12/2019 09h20

(Bloomberg) -- A Moody's Investors Service tem uma perspectiva otimista para o setor de petróleo e gás em 2020, mesmo diante do impacto da volatilidade dos preços de energia e do maior endividamento.

Os vários segmentos da indústria têm perspectivas estáveis ou positivas para o próximo ano, disse a Moody's em relatório na quinta-feira. A expectativa é de que os ganhos se recuperem em meio ao crescimento da produção e maiores margens de refino, de acordo com a agência de classificação.

"As políticas financeiras das empresas se tornarão mais positivas aos acionistas, com o aumento do pagamento de dividendos", disse Steve Wood, diretor da Moody's, em comunicado. "Essas empresas também aumentarão investimentos em operações de baixo carbono."

Os produtores de petróleo e gás da América do Norte têm cerca de US$ 93 bilhões em dívidas com vencimento até o fim de 2023, segundo dados compilados pela Moody's em outubro de 2018, os números mais recentes disponíveis. É o maior volume de refinanciamento desde o início da última crise energética em 2014, quando o petróleo caiu de níveis recordes e levou dezenas de empresas à falência. Enquanto isso, os exploradores de petróleo do Texas disseram que analistas globais estão subestimando a gravidade da desaceleração do setor.

Os preços do petróleo devem permanecer voláteis em 2020, disse a Moody's. Questões-chave para a indústria incluem a resposta dos produtores ao aumento dos estoques, o ritmo de recuperação dos volumes da Arábia Saudita, uma possível aceleração da produção nos EUA e um crescimento mais lento da demanda global devido à expansão econômica mais fraca, de acordo com a agência.

Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net