Dow Jones fecha em alta e com novo recorde

Nova York, 12 jul (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quarta-feira em alta de 0,57% e estabeleceu um novo recorde, após o pronunciamento da presidente do Federal Reserve (Fed), Janet Yellen.

O principal indicador da Bolsa de Nova York ganhou 123,07 pontos e ficou com 21.532,14. O seletivo S&P 500 subiu 0,73%, para 2.443,25, e o índice composto da Nasdaq avançou 1,1% e fechou aos 6.261,17 pontos.

Os operadores apostaram durante desde a abertura da sessão pelas compras, em um dia marcado pela audiência de Yellen no Congresso dos EUA. A presidente do Fed antecipou que haverá altas gradativas das taxas dos juros no país, mas alertou sobre a incerteza gerada pelas "mudanças fiscais" preparadas pelo governo de Donald Trump.

"É provável que sejam apropriados aumentos gradativos adicionais das taxas de juros durante os próximos anos para apoiar a expansão econômica e devolver a inflação à nossa meta de 2%", disse Yellen.

No Dow Jones, as principais altas foram das ações de DuPont (2,75%), Microsoft (1,66%), Home Depot (1,32%), McDonald's (1,08%), Intel (0,97%), Visa (0,81%), American Express (0,78%) e 3M (0,78%).

Também subiram os papéis de Verizon (0,77%), Johnson & Johnson (0,76%), General Electric (0,76%), Chevron (0,75%), Merck (0,71%), Caterpillar (0,67%), Wal-Mart (0,64%) e Disney (0,52%).

Apenas a JPMorgan fechou em baixa de 0,34%.

Fora desse índice, as ações da PayPal subiram 3,27% após a empresa assinar um acordo de colaboração com a Apple.

No fechamento do pregão, a onça do ouro subia para US$ 1.219,60, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com vencimento em dez anos caía para 2,321%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos