Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha praticamente estável

Nova York, 13 nov (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta segunda-feira em leve alta de 0,07%, apesar da incerteza em torno da reforma tributária nos Estados Unidos e de uma forte queda dos títulos da General Electric.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 17,49 pontos e chegou a 23.439,70. O seletivo S&P 500 subiu 0,10%, para 2.584,84, e o índice composto da Nasdaq avançou 0,10% e fechou aos 6.757,60 pontos.

Wall Street segue muito atenta ao futuro da reforma tributária proposta pelo presidente dos EUA, Donald Trump, e à possibilidade de que a negociação legislativa atrase mais do que se pensava.

Entre as razões para este possível atraso está a divergência de critérios entre o projeto da Câmara de Representantes e do Senado quanto à entrada em vigor do corte no imposto sobre lucro corporativo.

A queda mais acentuada no Dow Jones foi das ações do grupo General Electric, de 7,17%, após a companhia anunciar um plano de reestruturação e uma forte diminuição dos seus dividendos.

Outras quedas de destaque no dia foram dos títulos de United Technologies (-0,88%), Merck (-0,68%), IBM (-0,51%) e Visa (-0,43%).

As altas mais expressivas foram dos papéis de McDonald's (1,07%), Procter & Gamble (0,95%), Home Depot (0,76%), UnitedHealth (0,75%), Boeing (0,60%), American Express (0,41%) e Coca-Cola (0,39%).

No fim do pregão, a onça do ouro subia para US$ 1.278, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com vencimento em dez anos aumentava para 2,399%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos