Bolsas

Câmbio

América Latina deve dar melhor resposta ao clamor contra corrupção, diz BID

Mendoza (Argentina), 24 mar (EFE).- O clamor contra a corrupção na América Latina exige respostas mais efetivas do que as observadas até agora, sob o risco de haver uma erosão da confiança na democracia na região, alertou neste sábado o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) Luis Alberto Moreno.

"Enfrentamos um clamor popular brutal que disse basta e pede respostas que, se não atendidas, podem erodir a fé nos sistemas políticos e talvez na própria democracia", disse Moreno em discurso na abertura da reunião de governadores do BID na Argentina.

Participam do encontro, que vai até domingo, líderes políticos e empresários da região. Para Moreno, a revolta contra a corrupção existe melhores respostas do que as até então apresentadas.

"O bom funcionamento da administração pública é chave para recuperar a confiança e fortalecer a integridade. O setor privado precisa assumir a sua responsabilidade, combatendo a falta de ética na hora de fazer negociações", disse o presidente do BID.

Segundo Moreno, o fortalecimento da democracia demanda instituições mais equipadas para ampliar a transparência e detectar ações corruptas por meio de uma maior fiscalização.

O presidente do BID afirmou que, para isso, é "fundamental para dar mais clareza no financiamento das campanhas eleitorais".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos