PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

EUA esperam que Canadá se una ao Nafta, mas não descartam acordo bilateral

27/08/2018 15h35

Washington, 27 ago (EFE).- O governo dos Estados Unidos expressou nesta segunda-feira o desejo de que o Canadá se una "em breve" ao acordo inicial firmado com o México sobre as novas condições do Nafta, mas deixou as portas abertas para um acordo bilateral.

"Esperamos que o Canadá se una a nós em breve. Começaremos esse processo agora", afirmou o representante de Comércio Exterior dos EUA, Robert Lighthizer, em entrevista coletiva concedida após Trump ter anunciado o acordo.

No entanto, Lighthizer deu a entender que, em último caso, o Canadá poderia ficar fora do Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta).

"Podemos notificar o Canadá sobre a existência de um acordo bilateral ao qual o país poderá se unir", explicou o representante americano.

Lighthizer garantiu que o fato de EUA e México terem se antecipado ao firmarem um acordo - o que, por enquanto, deixa o Canadá fora - não corresponde a nenhuma "estratégia de negociação". O Canadá reagiu ao anúncio assinalando que só assinará um novo acordo comercial caso seja "bom" para o país.

"Só assinaremos um novo Nafta que seja bom para o Canadá e bom para a classe média", advertiu em comunicado um porta-voz da ministra das Relações Exteriores canadense, Chrystia Freeland.