PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Em reunião na Argentina, Mercosul e EFTA ficam mais perto de acordo comercial

10/05/2019 20h15

Buenos Aires, 10 mai (EFE).- O Mercosul e a Associação Europeia de Livre-Comércio (EFTA) realizaram nesta sexta-feira, na Argentina, uma nova rodada de conversas para um acordo comercial e, segundo fontes oficiais, estão perto da fase final de negociação.

As reuniões, que ocorreram na sede das Relações Exteriores de Argentina, em Buenos Aires, começaram na última segunda-feira.

A delegação do Mercosul foi liderada pelo subsecretário de Negociações Econômicas Internacionais do Ministério de Relações Exteriores da Argentina, Victorio Carpintieri. Pelo lado da EFTA, o representante era o diretor-geral do Ministério de Comércio, Indústria e Pesca da Noruega, Jan Farberg.

Em nota, o Ministério de Relações Exteriores da Argentina afirmou que o objetivo é procurar um acesso efetivo, mútuo e equilibrado ao mercado de bens, serviços, investimentos e compras governamentais, articulando de "maneira satisfatória" os interesses de cada bloco.

"A Argentina e o Mercosul esperam que um acordo com a EFTA facilite nossas exportações para esse mercado e estimule a atração de investimentos originários dos países que integram a associação", destacou o governo de Mauricio Macri, que exerce a presidência semestral do Mercosul.

As partes, segundo o governo da Argentina, estão se aproximando da fase final de negociação. Representantes dos dois blocos se reunirão ainda neste mês em Genebra e farão uma nova troca de ofertas no início de junho.

"Cabe ressaltar que realizamos um progresso considerável, concluindo sete dos 13 capítulos que compõem a negociação", afirmou a diplomacia argentina no comunicado.

A EFTA é formada por Islândia, Noruega, Suíça e Liechtenstein, um mercado de 14 milhões de habitantes. As exportações do Mercosul para o bloco superam os US$ 3 bilhões. EFE