PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Governo estuda mudar regras de saque e aumentar rentabilidade do FGTS

Vinicius Neder

Rio

09/05/2019 14h59

O Ministério da Economia estuda mudar regras do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Isso inclui mudar as formas de sacar o dinheiro, aumentar a rentabilidade e alterar alíquotas cobradas de empresas, afirmou nesta quinta-feira, 9, o secretário Especial da Fazenda, Waldery Rodrigues. Segundo o secretário, será uma medida de médio prazo, mas ainda sem data para ser anunciada.

A liberação de saques do PIS/Pasep, no entanto, pode estar pronta em quatro meses, como antecipado pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado. Mais cedo, Rodrigues disse que poderiam ser liberados de R$ 21 bilhões a R$ 22 bilhões do PIS/Pasep.

"Para o FGTS, está sendo pensado passar por uma reforma, incluindo mudar a rentabilidade, que hoje é negativa", afirmou Rodrigues a jornalistas, ao deixar o 31º Fórum Nacional, organizado pelo economista Raul Velloso, no Rio.

Segundo o secretário, as mudanças no FGTS exigem mais tempo de planejamento porque o estoque do fundo é de cerca de R$ 500 bilhões, com impactos maiores na economia. A reforma faz parte de estudos sobre 128 fundos públicos.

O que é o FGTS, como funciona e quem pode sacar?

UOL Notícias
PUBLICIDADE