PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Maia diz que juro ainda está alto no Brasil e vê espaço para corte na Selic

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM) - AMANDA PEROBELLI/  	REUTERS
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM) Imagem: AMANDA PEROBELLI/ REUTERS

Francisco Carlos de Assis

Em São Paulo

05/10/2019 13h32

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje que a taxa de juros no Brasil continua ainda muito alta se for levado em consideração que, no mundo desenvolvido, o juro já está em patamar negativo.

O deputado fez questão de destacar que não quer com isso interferir ou sinalizar que esteja interferindo na política monetária do Banco Central. Mas afirmou entender que ainda há espaço para corte da Selic.

Ao ser questionado sobre o que acha da transferência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Fazenda para o BC, Maia respondeu que a estratégia foi passar para uma instituição que não corre risco de sofrer interferências políticas.

"Visa a evitar interferências políticas", afirmou. Maia participou na tarde deste sábado do Festival Piauí de Jornalismo, evento da revista Piauí, em São Paulo.