PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Maia diz que Câmara deve votar ampliação de auxílio emergencial até quarta

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados - ADRIANO MACHADO
Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados Imagem: ADRIANO MACHADO

Camila Turtelli e Marlla Sabino

Brasília

07/04/2020 16h43

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a Casa deve votar até a quarta-feira, 8, o projeto do Senado que ampliou o auxílio emergencial e cobrou do governo e da rede bancária agilidade no pagamento da verba. O Senado aprovou no dia 1º o texto-base de um projeto ampliando o alcance do benefício a ser pago para trabalhadores informais, intermitentes e microempreendedores individuais (MEIs).

"Claro que nós vamos votar até amanhã a proposta do Senado, a maior parte do texto é positiva. Mas até amanhã esse assunto estará resolvido e vai a voto", disse Maia.

A nova proposta, que ainda dependerá do aval da Câmara, garante o pagamento para homens chefes de família e mães adolescentes. "Eu acho que toda rede bancária tem de estar à disposição para ajudar para que o dinheiro chegue mais rápido na conta da família. Queremos que o recurso chegue", afirmou.

Maia comentou também declaração do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, sobre a população procurar apenas as casas lotéricas. "Pelo o que eu entendi da declaração do Onyx é mais Brasília e menos Brasil. Tudo concentrado na Caixa Econômica. Acho que é até um desrespeito ao trabalho de tantas pessoas nos CRAS (Centro de Referência à Assistência Social)", disse. "Acho que a integração desse trabalho com outros bancos, máquinas de pagamento e município é muito importante", afirmou.

Economia