PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Sachsida: Meta da política econômica é salvar vidas e, depois, preservar empregos

Fabrício de Castro

Brasília

08/06/2020 16h59

O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, afirmou nesta segunda-feira, 8, durante evento virtual, que o grande objetivo da política econômica é "salvar vidas e, depois, preservar empregos e empresas". Segundo ele, a pandemia do novo coronavírus provocou um choque na economia. "No período posterior (à pandemia), haverá recessão. Depois, é o período da retomada", disse.

"Estamos em momento único da história econômica. Estamos tendo choques terríveis do lado da oferta e também há vários choques do lado da demanda, de investimentos, de consumo", pontuou Sachsida.

O secretário pontuou ainda que, mesmo que haja reabertura hoje da economia, é difícil imaginar que o nível de consumo voltará ao nível de antes da pandemia. Ele lembrou que a população brasileira está mais pobre e a queda nos preços das ações na bolsa de valores também prejudica a qualidade das empresas no crédito.

Sachsida também defendeu a manutenção do "pilar macrofiscal da economia, que é o teto de gastos". "Isso está mantido", afirmou.

O secretário participa hoje do "Webinar ICC Brasil - Crédito em tempos de pandemia", evento virtual promovido pela International Chamber of Commerce Brasil.

Economia