PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Vale diz não ter chegado a acordo com a NCZ para venda da Vale Nouvelle Caledonie

Cynthia Decloedt

07/09/2020 21h44

A Vale informou que não chegou a um acordo com a New Century Resources Limited (NCZ), mineradora australiana, envolvendo a venda de sua participação de 95% na Vale Nouvelle Caledonie S.A.S. (VNC), produtora de níquel, na França. Isso encerra um período de exclusividade com a New Century Resources que foi anunciado pela primeira vez em 25 de maio, posteriormente estendido em 28 de julho e concluído em 8 de setembro.

Segundo a Vale, a companhia dará início às etapas necessárias para colocar a VNC em "care and maintenance", em preparação para um possível fechamento da operação, "caso nenhuma solução sustentável seja encontrada nos próximos meses". A Vale disse ainda que, ao mesmo tempo, continua os esforços com o Estado francês, a Província do Sul da Nova Caledônia e a administração da VNC para alcançar um resultado positivo para as operações no futuro.

"Todas as partes envolvidas nesta negociação investiram esforços significativos na tentativa de chegar a uma solução para o futuro sustentável da VNC", disse Eduardo Bartolomeo, CEO da Vale. "A Vale e todos os envolvidos no processo de desinvestimento - incluindo a Província do Sul da Nova Caledônia, o Estado francês e a administração da VNC - continuam a explorar alternativas para criar um futuro viável para a VNC, todas as quais contemplarão a saída da Vale. Continuamos esperançosos de um resultado positivo e estamos trabalhando com todas as partes envolvidas com esse propósito em mente", disse a companhia em nota.

Bartolomeo afirmou ainda que a Vale abordará a transição para care and maintenance com o mais alto grau de responsabilidade e respeito aos funcionários, ao meio ambiente e à segurança - incluindo fortes compromissos com a manutenção de barragens e obrigações sociais, como o Pacto pelo Desenvolvimento Sustentável do Grande Sul (Pact for Sustainable Development of the Great South, em inglês).