PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Casa Branca diz ver diferenças significativas nas negociações do pacote fiscal

André Marinho

São Paulo

23/10/2020 10h42

O diretor do Conselho Econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, afirmou nesta sexta-feira, 23, que democratas e republicanos ainda têm diferenças significativas nas negociações por uma nova rodada de estímulos fiscais nos Estados Unidos. "Queremos ter assistência direcionada para algumas áreas", explicou, em entrevista à Fox Bussiness.

Kudlow também elogiou o desempenho do presidente americano, Donald Trump, no debate presidencial contra o candidato democrata, Joe Biden, na quinta-feira, 22.

Para o diretor, o Produto Interno Bruto (PIB) deve ter crescimento superior a 20% no terceiro trimestre deste ano.

Fatores para a recuperação

Kudlow argumentou também nesta sexta que a recuperação da economia americana não depende de uma nova rodada de estímulos fiscais, embora esteja ciente de que alguns setores precisam de ajuda. "Apoio a pequenas empresas ajudaria", afirmou, em entrevista à Bloomberg TV.

Ele acrescentou que acredita que os dois lados estão negociando um pacote de boa-fé, mas que não sabe se haverá tempo para um acordo antes da eleição de 3 de novembro.

Questionado sobre a resistência de parte da bancada republicano ao aumento das despesas, o diretor respondeu que a legenda governista deverá apoiar um projeto bipartidário. "A economia está se recuperando de forma mais rápida do que o esperado", destacou.