PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Governo espera nos próximos meses avançar com redução da TEC do Mercosul

13.mar.2020 - O secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys, em coletiva - Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
13.mar.2020 - O secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys, em coletiva Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Lorenna Rodrigues e Antonio Temóteo

Brasília

11/05/2022 16h09Atualizada em 11/05/2022 16h19

O secretário executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys, disse que o Brasil espera avançar "nos próximos meses" com uma nova redução na Tarifa Externa Comum (TEC) do Mercosul.

Como antecipou o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), o governo planeja uma nova redução de 10% na taxa cobrada para compras de fora do bloco de forma unilateral, ou seja, sem o aval dos demais países do Mercosul.

Um primeiro corte foi feito no fim do ano passado, o que reduziu a TEC média de 12% para 10,8%.

"Redução da TEC é um movimento que vem sendo estudado no governo", confirmou o secretário executivo adjunto da Camex, Leonardo Diniz.