Bancos e sistema financeiro do Reino Unido têm resistido a juros mais altos, diz BoE

O Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) avalia que os bancos e o sistema financeiro em geral do Reino Unido têm conseguido lidar com o quadro de juros mais altos. Em seu relatório de estabilidade financeira, publicado nesta quarta-feira, 6, o BC britânico diz que o sistema bancário local está "bem capitalizado", com liquidez em nível elevado, o que permite que os bancos do país apoiem o quadro econômico, mesmo que este se mostre pior do que o previsto.

O BoE afirma que as condições "seguem desafiadoras", diante de tensões geopolíticas mais elevadas e "incertezas sobre o crescimento, a inflação e as taxas de juros". A perspectiva para o crescimento global "segue contida", com uma série de riscos que podem pesar no crescimento, como inflação persistente, juros mais elevados e as citadas tensões geopolíticas.

O BC britânico lembra que, atualmente, os mercados financeiros não esperam mais altas de juros no país. Ao mesmo tempo, pondera que as taxas "devem ter de seguir elevadas por algum tempo, para garantir que a inflação continue a cair".

Em sua análise, o BoE destaca que os juros mais elevados podem fazer com que algumas pessoas físicas e jurídicas no país não consiga realizar pagamentos de empréstimos, o que eleva riscos de perdas para os bancos. Ainda assim, o sistema bancário local tem a capacidade de absorver qualquer perda potencial, considera. O montante de empréstimos no país segue em nível baixo, com os juros altos, acrescenta.

O relatório do BoE diz que, diante do impacto de juros mais altos "e mais voláteis", bem como de incertezas na inflação e no crescimento, as valorizações de alguns ativos de risco "continuam a parecer esticadas". O documento também menciona que níveis de dívida elevados em grandes economias no exterior poderiam ter consequências para a estabilidade financeira do Reino Unido, "especialmente se piorarem as percepções do mercado para a trajetória da dívida do setor público". O BC comenta que há alguns bancos em vários países afetados pelos juros mais altos, e acrescenta que eles continuam expostos aos mercados imobiliários, inclusive para locações comerciais, onde os preços em algumas nações "têm caído de modo significativo".

O BoE afirma que a perspectiva para a economia do Reino Unido "piorou um pouco", desde o relatório anterior, de julho. O sentimento geral de risco, por sua vez, segue "desafiador", com atividade contida e riscos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes