Alemanha acaba com subsídios para carros elétricos e afeta montadoras

A Alemanha decidiu acabar com subsídios para carros elétricos. A medida tem capacidade para provocar danos nos negócios de montadoras como Tesla, Volkswagen, BMW, Stellantis, entre outras.

O antigo pacote de incentivo econômico previa descontos de até 4.500 euros na compra de carros elétricos e será encerrado amanhã, um mês antes do previsto, mas na prática o programa já foi extinto, visto que o registro do veículo precisa ser feito antes da entrega.

A medida drástica foi tomada pela coalizão governamental alemã, que enfrenta uma crise orçamentária. Apenas alguns dias antes, o governo havia anunciado que o programa não seria prorrogado em 2024, mesmo com um valor reduzido de 3.000 euros.

A decisão da Alemanha se soma a restrições mais rígidas aos subsídios de carros elétricos na França. O país limita o benefício de até 7.000 euros aos veículos elétricos fabricados na Europa desde o dia 15 de dezembro, já para veículos produzidos na China, como o Tesla Model 3, não são mais elegíveis.

O fim e a restrição dos subsídios e créditos para carros elétricos pode representar uma queda na demanda para a Tesla, que se beneficiava desses incentivos para puxar as vendas. Fonte: Dow Jones Newswires

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes