Fluxo do comércio global cai 1,6% em outubro ante setembro, aponta indicador do 'WSJ'

Os fluxos de comércio global voltaram a cair em outubro, depois de dois meses de alta. O indicador de fluxos de comércio de bens do Wall Street Journal, publicado nesta terça-feira, 2, aponta para uma queda de 1,6% em relação a setembro, na leitura ajustada.

O recuo é um novo sinal de que a demanda global de bens continua fraca, à medida que os consumidores dão preferência a serviços aos quais tiveram acesso negado durante a pandemia da covid-19.

A demanda dos consumidores também foi enfraquecida pela subida dos preços e pelos custos mais elevados de empréstimos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes