Bolsas da Europa ensaiam recuperação após pregões fracos, de olho em indicadores

As bolsas europeias operam em alta na manhã desta quinta-feira, 4, ensaiando recuperação após dois pregões fracos, enquanto investidores avaliam dados de atividade e aguardam mais indicadores.

Por volta das 6h45 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 subia 0,36%, a 476,13 pontos.

A última rodada de PMIs da Europa veio melhor do que se previa. Na leitura final de dezembro, os PMIs de serviços da zona do euro, da Alemanha e do Reino Unido superaram as expectativas. O mesmo indicador da China também mostrou avanço, atingindo o maior patamar em quatro meses.

Nas próximas horas, a atenção vai se voltar para dados da inflação ao consumidor (CPI) alemão e indicadores dos EUA, incluindo o PMI de serviços da S&P Global e pesquisa da ADP sobre criação de empregos pelo setor privado.

O apetite por risco predomina nos mercados europeus apesar da decepção com a última ata de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), que não apontou uma trajetória clara para os juros americanos e pesou em Wall Street ontem.

Às 7h03 (de Brasília), a Bolsa de Londres subia 0,07%, a de Paris avançava 0,30% e a de Frankfurt ganhava 0,29%. Já as de Milão, Madri e Lisboa tinham altas de 0,59%, 0,76% e 0,75%, respectivamente.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes