Há potencial para mais choques globais à frente, afirma presidente do BoE

O presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Andrew Bailey, reconheceu que há potencial de mais choques globais à frente, que poderiam ter impacto na economia doméstica. Em sessão no Parlamento britânico, Bailey disse que os eventos recentes no Oriente Médio não tiveram consequências econômicas drásticas, mas ressaltou que monitora a situação.

Apesar disso, Bailey afirmou que os mercados de hipotecas e dívidas das famílias estão menos estressados do que durante a crise financeira de 2008, o que mitiga a sensibilidade da atividade econômica aos juros.

Na mesma sessão, o membro externo do Comitê de Política Financeira Jonathan Hall afirmou que vê menos riscos à estabilidade financeira do Reino Unido.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes