PMI composto do Japão sobe de 50 em dezembro a 51,1 em janeiro

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto preliminar do Japão subiu de 50,0 em dezembro para 51,1 em janeiro, segundo pesquisa preliminar da S&P Global em parceria com o Jibun Bank divulgada nesta quarta-feira, 24. O indicador ficou acima do patamar neutro de 50, ou seja, agora indica expansão da atividade.

O PMI de serviços preliminar também avançou: foi de 51,5 em dezembro para 52,7 neste mês. O PMI industrial teve alta de 46,8 para 47,4 na mesma comparação. Apesar do avanço, o indicador ainda aponta para contração do setor industrial. Segundo previsão de analistas consultados pela FactSet, o PMI industrial era esperado um pouco acima, a 48,0.

Segundo a economista da instituição Usamah Bhatti, a taxa de crescimento destes dados foi a maior desde setembro de 2023, e "sugere potencial de aumento da demanda e da atividade japonesa nos próximos meses".

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes